Publicado 06 de Maio de 2015 - 5h30

As vendas de automóveis e veículos comerciais leves, como furgões e picapes, registraram queda de 6,36% em abril na comparação com março, segundo dados divulgados ontem pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Em relação ao mesmo período do ano passado, houve recuo de 24,35%. De janeiro a abril deste ano, a comercialização de veículos novos acumula decréscimo de 18,39% em relação aos primeiros quatro meses de 2014. O levantamento mostra que em abril foram vendidos 14.367 veículos a menos que em março, quando 225.972 foram comercializados. No acumulado do ano, o déficit é de mais de 193,8 mil veículos, tendo em vista que as vendas entre janeiro e abril de 2014 ultrapassavam 1,05 milhão.

Incluindo ônibus e caminhões, a queda chega a 6,53% na comparação com o mês anterior e de 25,19% em relação a abril do ano passado. No acumulado de 2015, as vendas caíram 19,19%. A Fenabrave refez as projeções de vendas anuais devido ao desempenho apresentado nesse quatro primeiros meses de 2015. A estimativa agora é que o setor registre queda de 18% no ano em relação aos automóveis e comerciais leves - antes, a previsão era 10% de recuo.