Publicado 06 de Maio de 2015 - 19h05

Não é bom por ser antigo, mas em dia de reprises e programação fraca aposte num clássico. Estou falando de Os Doze Condenados (TCM, 16h15, 12 anos), de Robert Aldrich (1967). Trata-se de filme de gênero, no caso guerra; a fértil e quase onipresente no cinema Segunda Guerra Mundial e conta a história de Reisman (Lee Marvin), major americano durão cuja missão será treinar os doze soldados do título marcados para morrer e que ganham uma chance. O objetivo do treinamento é uma missão quase suicida atrás das linhas inimigas, para destruir um quartel nazista e provocar a maior destruição possível às vésperas do Dia D. Os sobreviventes serão perdoados e reintegrados. Uma espécie de “delação premiada” (nos dias de hoje) com riscos bem maiores. Só para se ter uma ideia de como o diretor apostava no projeto, o livro de E. M. Nathanson, base da adaptação, foi lançado em 1965, mas os direitos de filmagem ele os comprou em 1963. Charles Bronson, Jim Brown, John Cassavetes, Trini Lopez, Telly Savallas e Donald Sutherland estão entre os prisioneiros.