Publicado 04 de Maio de 2015 - 19h05

Ensaio sobre a Cegueira (Canal Brasil, 22h, 18 anos), de Fernando Meirelles (2008), merece uma revisão. Um dos primeiros longas-metragens realizados com aporte do Polo Cinematográfico de Paulínia, teve locações no Exterior e em São Paulo e um elenco internacional que contou com Julianne Moore, Gael García Bernal e Mark Ruffalo, entre outros. Baseado no livro homônimo de José Saramago, o filme provocou certa reação negativa quando foi exibido na abertura do Festival de Cannes. Mas o diretor ficou feliz com a reação mais que emocional do escritor, que foi às lágrimas ao ver o filme. São ingredientes que apimentaram o lançamento. Agora, à distância será interessante revê-lo. Trata-se de uma fábula. Numa cidade, um estranho acontecimento acomete pessoas da impossibilidade de enxergar. Aos poucos, elas vão sendo contaminadas de modo que todo mundo fica cego e se estabelece o caos. Todo mundo menos uma mulher (Julianne Moore), que se encarrega de manter a sanidade mínima das pessoas num ambiente cada vez mais hostil. Confira.