Publicado 31 de Maio de 2015 - 5h30

A partida do Santos contra o Sport, hoje, às 11h, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, representa uma prévia do confronto que os dois times farão pela terceira fase da Copa do Brasil, ainda sem data definida, na partida que decide a vaga na próxima fase do torneio nacional. No jogo de ida, o clube pernambucano venceu por 2 a 1, no Recife.

Por tudo isso, os jogadores do Santos enxergam o duelo com muita responsabilidade. "O Sport é um time muito bem treinado, que marca e defende bem. Vamos tentar impor nosso jogo", disse o volante Renato.

O atacante Robinho está confirmado e fará sua última partida antes de ir para a Seleção Brasileira para a disputa da Copa América. Amanhã, ele se apresenta ao técnico Dunga e, se a Seleção chegar à final, o atacante só voltará no dia 4 de julho, portanto depois do término do atual vínculo com o Santos, que termina em 30 de junho.

Tirando o sono

A possibilidade de não contar mais com sua principal estrela tem tirado o sono do técnico Marcelo Fernandes, que não abre mão do jogador para a sequência da temporada.

"O Robinho é um jogador que dispensa comentários e eu torço para que ele fique. Só que depende da situação do clube, da diretoria, algo que não está ao meu alcance. Aliás, nem penso na hipótese de sua saída. Já vou ter de pensar durante sete jogos que ele estará com a Seleção. Torço para que ele fique, pois é identificado com o clube, está jogando bem e é imprescindível para a nossa continuidade", explicou. O jogador, no entanto, deve renovar seu contrato, possivelmente na quarta-feira

Para a partida, que será realizada pela manhã, o Santos fez uma promoção de ingressos. Torcedores com a camisa do clube pagam meia-entrada e o bilhete mais barato custa R$ 20.

A promoção é uma tentativa de melhorar o público na Vila Belmiro, que vem sendo baixo na temporada.

Para se ter uma ideia, contra o Cruzeiro, na segunda rodada do Brasileirão, pouco mais de 7 mil torcedores pagaram ingresso para ver a partida. O público reduzido decepcionou demais a direção do clube. Se esperava apoio maior a um clube que, por sinal, acaba de levantar o caneco paulista.

E, por conta disso, a diretoria já cogita até mandar mais partidas longe da Baixada Santista. (Da Agência Estado)

Misterioso, técnico rival admite mudar escalação

O Sport entra em campo hoje, na Vila Belmiro, buscando manter o ritmo na competição, mesmo com o provável forte calor do novo horário definido pela CBF para os jogos de domingo desta temporada. Com isso em mente, o técnico Eduardo Baptista estabeleceu os treinamentos antes do confronto para o mesmo horário da partida.

Os jogadores do Sport, que venceram os santistas por 2 a 1 pela Copa do Brasil no Recife, há 10 dias, devem encontrar um sol forte no jogo da Vila Belmiro, o que já foi sentido na manhã de sexta-feira, quando o técnico encerrou a preparação para o duelo com treino às 11h.

Mesmo com a temperatura ultrapassando a marca dos 30 graus, Eduardo Baptista não aliviou no treinamento. Se dependesse dos trabalhos da semana, os titulares já estariam definidos. Mas o técnico optou pelo mistério, escondendo a escalação.

Nos dois coletivos desta semana, a equipe principal teve alterações pontuais.

Maikon Leite e Régis podem aparecer entre os titulares no jogo da Vila . (AE)

SANTOS

Vladimir; Victor Ferraz, Werley, David Braz e Chiquinho; Lucas Otávio, Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Ricardo Oliveira e Robinho. Técnico: Marcelo Fernandes.