Publicado 08 de Maio de 2015 - 5h30

Os direitos de imagem de parte do elenco do Corinthians continuam atrasados e a diretoria ainda não deu novo prazo para quitar os débitos. São quase R$ 15 milhões. O diretor financeiro Emerson Piovezan admitiu ontem que o clube trabalha com a hipótese de obter um empréstimo em um banco para pagar os jogadores. Segundo ele, não há atraso de salários.

"Os salários estão sendo pagos em dia. Não há atraso. O que acontece é que, como todos vocês sabem e isso já é público, alguns jogadores estão com direitos de imagem atrasados", afirmou Piovezan. "Vamos resolver isso em breve. Estamos trabalhando com algumas instituições financeiras."

Renato Augusto, Guerrero, Elias, Danilo, Elias, Emerson Sheik e Ralf são os jogadores que aguardam o pagamento dos direitos de imagem atrasados. Alguns têm débitos de até oito meses.

Piovezan não vê relação entre os atrasos de direitos de imagem atrasados e o momento ruim da equipe. "Quero deixar claro que a diretoria tem total confiança no profissionalismo do elenco", afirmou Piovezan. O zagueiro Gil, em entrevista coletiva, também defendeu o jogadores. "Somos profissionais e comprometidos", afirmou.

Na quarta-feira, o Corinthians ficou em situação complicada na Libertadores ao perder para o Guarani, em Assunção, por 2 a 0. O jogo da volta será quarta, no Itaquerão. (Da Agência Estado)