Publicado 07 de Maio de 2015 - 5h30

Há 10 dias da estreia do Guarani no Campeonato Brasileiro da Série C, quem chega no estádio Brinco de Ouro não tem tempo a perder. Treinando desde terça-feira com o grupo, o goleiro Rafael Santos e o volante Lenon foram apresentados ontem como os primeiros reforços da equipe para o restante da temporada. E garantem que chegam com vontade para ajudar o clube a conquistar o acesso à Série B e que estão acostumados com pressão.A expectativa de Rafael Santos é ter uma longa estadia em Campinas. "Espero me firmar aqui, não estou aqui de passagem. Estou com 26 anos e procurando um lugar onde eu possa ficar e me estabelecer. E goleiro que fica pulando de galho em galho toda hora não dá certo, já é coisa comprovada. Espero aqui criar raízes", comentou o goleiro.O fato de já ter trabalhado com o preparador de goleiros Gléguer anteriormente no Bragantino e Portuguesa ajudou na decisão de se transferir para o Bugre. "Tenho uma confiança grande nele e por ele estar aqui pesou muito na minha vinda. Ele faz um tipo de trabalho que eu gosto e o goleiro tem que confiar no trabalho do seu treinador. E espero que nós aqui juntos possamos fazer um trabalho eficiente."O volante Lenon, que disputou o Campeonato Carioca pela Cabofriense, conhece o treinador Ademir Fonseca, mas pela primeira vez terá a oportunidade de trabalhar sob seu comando. O jogador de 24 anos, que começou na base do Flamengo e também teve passagens pelo Goiás, Náutico, Sport e Duque de Caxias, chega com ritmo de jogo e preparado para buscar seu espaço na equipe. "Ano passado joguei o Carioca pelo Duque de Caxias. No segundo semestre infelizmente acabei ficando em casa, mas a questão física nunca foi problema. Sempre mantive a minha forma e cheguei bem na Cabofriense neste início de ano e disputei todos os jogos, foram 17. Estou sempre me dedicando e aqui no Guarani não será diferente, vou buscar meu espaço com humildade" , comentou. Preparação

Hoje está prevista a chegada do zagueiro Gladstone ao Brinco de Ouro. Ontem à tarde, Ademir Fonseca comandou um treino com 18 jogadores e mais os quatro goleiros. Pegorari, cujo contrato encerrou na semana passada, renovou com o clube e vai brigar pela posição com Rafael Santos.Segundo o presidente Horley Senna, a ideia é que o Guarani tenha um elenco com 30 atletas para a disputa do Brasileiro da Série C, sendo que três garotos da base vão integrar o time principal. E o plano de fazer uma intertemporada em Jaguariúna foi cancelado pela diretoria.