Publicado 07 de Maio de 2015 - 16h30

Por Agência Anhanguera de Notícias

Priscila e Maristela Dias, uma das fundadoras da associação: voluntárias

Leandro Ferreira/ AAN

Priscila e Maristela Dias, uma das fundadoras da associação: voluntárias

Um das principais instituições de apoio à população carente na região do Ouro Verde, em Campinas, a Associação Tia Zelina, foi fundada em 2007 por uma família que sabia o que era passar necessidade. Uma de suas fundadoras, Maristela Gerônima Dias cresceu em um orfanato, e muitas vezes não tinha leite para tomar.

“Por saber o que é a fome, sempre tive vontade ajudar essa população”, disse a voluntária. Hoje, a casa atende pelo menos 92 crianças distribuindo leite e cestas básicas. A Tia Zelina será uma das associações beneficiadas pela 16ª edição da Campanha do Agasalho, uma iniciativa do Correio Escola Multimídia, do Grupo RAC. A campanha vai até o dia 13 de junho e a entrega das roupas arrecadadas está marcada para o dia 18 de junho.

Esta é a quarta vez que a associação participa da campanha. As roupas são distribuídas entre famílias da região cadastradas. A sede da instituição fica no DIC 6, mas seus trabalhos atingem diversos bairros do entorno.

“Para gente é ótimo participar, pois chega muita roupa de criança. Muitas delas acordam cedo pra ir para a escola e não têm uma meia ou agasalho para usar. Quantas vezes ouvi mães dizerem que não tinham uma coberta para o filho”, explicou Maristela.

A Casa conseguiu a distribuição de leite para as famílias pelo programa do governo federal Viva Leite. Duas vezes por semana um caminhão chega à sede da instituição carregado com o alimento, para a alegria da criançada. São beneficiadas somente famílias com menores entre 6 meses a 7 anos.

Mas o trabalho da associação não se restringe à doação de leite. Com ajuda de comerciantes parceiros e moradores do bairro, são compradas latas do suplemento alimentar Pediasure, distribuídos à crianças com hidrocefalia. No total, sete menores são atendidos.

“O suplemento é vendido a R$ 50,00 nas farmácias, e muitas famílias não têm condições de comprar. As crianças com essa doença têm a imunidade muito baixa e precisam de mais vitaminas”, contou Maristela. A Tia Zelina ainda consegue distribuir dez cestas básicas por mês a outras famílias de baixa renda.

Campanha

Escolas, lojas, instituições e até postos de gasolina fizeram questão de virar pontos de arrecadação da Campanha do Agasalho neste ano. O foco são peças para serem usadas no Inverno, sempre em bom estado. As roupas serão enviadas a seis instituições: Amor e Caridade, Sociedade São Vicente de Paulo, Associação Tia Zelina, Grupo Caminhar, Casa da Sopa e Casa Santana.

Serviço

Casa Tia Zelina. Rua Carolina Henriqueta Marciole Prado, 236, DIC 6.

Telefone: 3388-2070

site: http://tiazelina.com.br/

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias