Publicado 31 de Maio de 2015 - 11h46

Por France Press

Vinte e cinco pessoas, a maioria crianças, foram mortas e 30 ficaram feridas neste domingo (31) em um incêndio acidental em uma pequena clínica no nordeste da Síria - informou a televisão estatal.

"Vinte e cinco civis morreram e 30 ficaram feridos, a maioria crianças, na explosão de um tanque de combustível na clínica Maysalun em Qamishli", uma cidade curda na fronteira com a Turquia, na província de Hasake, disse a fonte.

A agência oficial de notícias Sana garantiu, citando um oficial da polícia local, que o fogo se originou em um galhos secos e "se espalhou para um tanque de combustível (...), o que causou uma explosão e uma nuvem espessa de fumaça preta".

A clínica sofreu "danos importantes", acrescentou.

A metade de Qamishli está nas mãos do regime sírio, enquanto as forças curdas controlam a outra parte da cidade, que permaneceu relativamente fora do conflito que assola o país desde 2011.

Mais de 220.000 pessoas morreram na guerra síria desde as primeiras manifestações pacíficas contra o governo em março de 2011, que se tornou uma revolta armada.

Escrito por:

France Press