Publicado 06 de Maio de 2015 - 9h09

Por France Press

O presidente sírio, Bashar al-Assad, admitiu nesta quarta-feira (6) pela primeira vez que o exército do País sofreu derrotas, mas garantiu que a guerra contra os rebeldes não está perdida.

"Não falamos de dezenas nem de centenas, e sim de milhares de batalhas e é da natureza das batalhas que aconteçam avanços e retiradas, vitórias e derrotas, altos e baixos", disse em Damasco, por ocasião do Dia dos Mártires.

Escrito por:

France Press