Publicado 05 de Maio de 2015 - 9h03

Por France Press

A marinha italiana faz um esforço enorme para evitar as tragédias em alto mar com naufrágios de embarcações ilegais que transportam imigrantes

France Press

A marinha italiana faz um esforço enorme para evitar as tragédias em alto mar com naufrágios de embarcações ilegais que transportam imigrantes

Quase 40 imigrantes morreram em um incidente a bordo de uma lancha improvisada, relataram os sobreviventes que chegaram a Catania, Sicília (Itália), recebidos por funcionários da ONG Save the Children.

"Eles afirmaram que 137 pessoas estavam na lancha pneumática, que esvaziou ou explodiu, não está claro, o que provocou a queda no mar de vários deles. Alguns mencionam 'muitos mortos', outros de 'quase 40'", declarou à AFP Giovanna di Benedetto, que trabalha para a ONG e ajudou na recepção dos sobreviventes em Catania.

Segundo os sobreviventes, o incidente aconteceu pouco antes das operações de resgate do fim de semana, quando embarcações da Marinha e da Guarda Costeira da Itália, com a ajuda de vários cargueiros, socorreram quase 6.000 pessoas no mar.

Quase 3.000 destes imigrantes chegaram na segunda-feira a bordo de vários navios à Sicília ou em outras cidades do sul da Itália. Mais de 1.000 chegaram ao país nesta terça-feira.

Escrito por:

France Press