Publicado 08 de Maio de 2015 - 12h04

Viatura da Guarda Civil de Sumaré alvejada por criminosos

Divulgação

Viatura da Guarda Civil de Sumaré alvejada por criminosos

Uma quadrilha com pelo menos 15 criminosos, em três veículos, roubou dois caminhões na noite de quinta-feira perto do pedágio da Rodovia dos Bandeirantes e fez seis pessoas reféns, entre elas dois guardas civis. Um dos caminhões estava carregado com peças de enxoval e o segundo, vazio. Os dois motoristas e dois ajudantes dos caminhões roubados foram rendidos e colocados nos porta malas dos carros usados pelos bandidos para a abordagem. 

Os bandidos seguiram para a na Estrada Municipal Olindo Biondo, conhecida como estrada Estância da Vida, em Sumaré, para fazer o transbordo da carga. Um terceiro caminhão e um Astra preto usados pelo bando estavam na estrada  quando uma viatura da Guarda Civil Metropolitana, que fazia patrulhamento, chegou ao local.

Os criminosos desceram do Astra e passaram a atirar contra a viatura. Eles estavam armados de fuzil e espingarda calibre 12. Os agentes não foram baleados. Na sequência, chegaram mais dois carros, cujos ocupantes renderam os guardas. 

Os criminosos conseguiram algemar um dos GMs com as próprias algemas. "O outro guarda, os bandidos tentaram algemar, mas não conseguiram" , contou o inspetor Santo. O guarda algemado foi agredido e sofreu escoriações leves. Eles foram colocados no compartimento de presos da viatura.

Os assaltantes fugiram com o terceiro caminhão, a carga, um carro e levaram as armas e um colete balístico do GM. O outro colete foi encontrado hoje de manhã no meio do mato. Os motoristas, ajudantes e os guardas foram deixados no local. 

Um dos caminhões estava carregado de enxovais e o outro vazio.