Publicado 07 de Maio de 2015 - 21h00

Cerca de 15 ciclistas e o motorista da van foram encaminhados à delegacia

Divulgação

Cerca de 15 ciclistas e o motorista da van foram encaminhados à delegacia

Um desentendimento entre o motorista de uma van escolar e um grupo de ciclistas, na Lagoa do Taquaral, na noite desta quinta-feira (7), levou cerca de 20 pessoas ao 4º Distrito Policial. O motorista do transporte universitário, que estava vazio, teria jogado o veículo em cima do grupo após se irritar com os ciclistas que andavam na pista da direita da Avenida Heitor Penteado. Ninguém ficou ferido.

A tentativa de atropelamento ocorreu próximo ao ginásio de esportes do parque. O grupo, com cerca de 20 praticantes seguiram a van, e a abordaram após ela estacionar em um dos bolsões de estacionamento. Lá, houve um novo bate-boca e mais uma vez o motorista do veículo voltou a ameaçar e jogar o veículo no grupo. Guardas municipais que faziam ronda no entorno da Lagoa perceberam a confusão e se aproximaram da briga.

Cerca de 15 ciclistas e o motorista da van, acompanhado de outros condutores de vans escolares, que estavam no bolsão de estacionamento, foram encaminhados à delegacia para prestar esclarecimento sobre a confusão.

"O que aconteceu foi um absurdo. Pedalávamos na faixa da direita porque a ciclofaixa estava lotada. Ele tinha a faixa da esquerda para trafegar, mas passou nos ameaçando e nos assustando. Por sorte ninguém se machucou" , afirmou o engenheiro de produções de 28 anos, Matheus Paschoal.

O engenheiro afirmou que o grupo costuma se encontrar todas às terça e quinta-feiras para praticar ciclismo no parque, mas que caso como esse nunca ocorreu. "Um desrespeito. Ele estava completamente descontrolado e atacou e depois nos xingou. A nossa intenção é fazer boletim de ocorrência de tentativa de lesão corporal, quando ele jogou a van pra cima da gente na rua. Foi um absurdo".