Publicado 04 de Maio de 2015 - 21h15

Nesta segunda, o atendimento que deixou de chamar "Ciretran", passou a funcionar no Campinas Shopping, no Jardim do Lago, como novo posto de atendimento do Detran.

Élcio Alves/ AAN

Nesta segunda, o atendimento que deixou de chamar "Ciretran", passou a funcionar no Campinas Shopping, no Jardim do Lago, como novo posto de atendimento do Detran.

O primeiro dia de atendimento na nova unidade do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran), em Campinas, nesta segunda-feira (4), foi marcado por dúvidas e pela confusão devido ao grande número de pessoas que procuraram pelos serviços do local.

Por desconhecer a mudança, muita gente acabou indo ao antigo endereço da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), na Avenida das Amoreiras, que foi desativada na semana passada.

Nesta segunda, o atendimento que deixou de chamar "Ciretran", passou a funcionar no Campinas Shopping, no Jardim do Lago, como novo posto de atendimento do Detran.

Uma fila de veículos foi formada no acesso à entrada do shopping, devido a grande procura pelos serviços do departamento, o que congestionou vias do entorno do centro de compras. O congestionamento atingiu quatro vias de acesso ao shopping por volta das 15h.

Apesar do sistema ser similar ao utilizado pelo Popupatempo, que tem intenção de simplificar o atendimento além de aumentar a rapidez na finalização de processos, muita gente ficou perdida e os atendentes, que auxiliavam e direcionavam as pessoas aos pontos de atendimento corretos, acabaram sendo pouco e não davam conta de atender o número grande de pessoas com dúvidas.

Alguns reclamavam que foram auxiliados de forma errada e acabaram perdendo tempo com ações desnecessárias. Uma das filas que mais demoraram, na tarde desta segunda, era de serviços relacionados à veículos. O atendimento deveria acontecer em até dez minutos, mas ontem, ocorreu com o dobro do tempo estimado.

O desempregado David Beatriz dos Santos, de 38 anos, tentava fazer a reabilitação de sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas além de procurar atendimento no antigo endereço, ao chegar na nova unidade acabou tendo que aguardar pela ajuda de um funcionário auxiliar em um dos terminais de autoserviço.

"A instalação está ótima, o espaço é grande e agradável, mas até mesmo os funcionários estão perdidos. É muita gente com dúvidas para serem atendidas", afirmou.

A auxiliar administrativo Ida Raimundo, de 44 anos, também teve que aguardar para ser auxiliada nas máquinas de autoatendimento.

"Está difícil para conseguir finalizar os processo. Faço tudo certo e no final da erro. Tem que pedir ajuda, mas apenas uma funcionária tem que dar conta de mais de 10 pessoas nesses terminais", reclamou.

O comerciante Edilson Oliveria Viana Júnior, de 30 anos, também teve dificuldades nesta segunda.

"Fui direcionado duas vezes para um atendimento errado. Perdi uma hora para algo que era simples e que não levaria mais de 10 minutos. Se tivessem me alertado antes conseguiria fazer sozinho nas máquinas de autoatendimento", afirmou.

Além dos usuários, funcionários que trabalham no local reclamaram da mudança.

"Não fomos consultados. Simplesmente nos avisaram que tínhamos que mudar e agora temos que arcar com estacionamento todos os dias" , afirmou uma funcionária que pediu para não ser identificada.

Outro lado

O Detran informou por meio de assessoria de imprensa que nesta segunda foi iniciada uma fase de pré-operação do novo Detran, que deve durar cerca de uma semana.

Nessa fase um grupo de diretores da Capital está acompanhando o atendimento para garantir que possíveis ajustes de sistemas - que são normais nos primeiros dias - sejam corrigidos.

A demora no atendimento, segundo o órgão ocorreu devido ao fechamento do antigo prédio na quinta e sexta-feira da semana passada em função da mudança e do feriado do Dia do Trabalhador. Com isso , houve acúmulo de demandas, o que gerou a alta procura pelos serviços de trânsito hoje.

Quanto à reclamação de funcionários a respeito do estacionamento, o departamento firmou um convênio com o shopping que prevê um valor promocional para os servidores do Detran. O valor seria de cerca de R$ 110,00 mensais.

SAIBA MAIS

A nova unidade tem capacidade de atendimento de 70 mil serviços por mês, a antiga atendia 10 mil a menos.

O horário de funcionamento também foi ampliado, passando das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, para o período das 8h às 18h, durante os dias úteis; e das 8h às 13h, aos sábados. Também houve aumento no número de funcionários de 82 para 108 pessoas.

O novo posto passou a prestar todos os serviços relacionados à CNH e veículos.

Segundo o Detran-SP, a transferência de propriedade de veículo, o registro de veículo 0 km e alteração de características de veículo, que antes eram prestados pelo Poupatempo — agora serão realizados exclusivamente na nova unidade, que fica no 2º piso, na parte da extensão do centro de compras.