Publicado 08 de Maio de 2015 - 16h07

Por Katia Fonseca

Leonardo Kehdi, produtor cinematográfico e coordenador do In-Edit Brasil - Festival Internacional do Documentário Musical

Divulgação

Leonardo Kehdi, produtor cinematográfico e coordenador do In-Edit Brasil - Festival Internacional do Documentário Musical

Minha amiga Marte Gil nos informe, em sua timeline do Facebook: "Texto divertido, de um produtor de cinema que experimentou a audiodescrição". Fui ler e comprovo: realmente, 'Um mundo sem imagem, mas não sem poesia' é divertido e, além disso, um belíssimo texto! Por isso, resolvi compartilhar aqui com vocês.

Leonardo Kehdi, de 48 anos, é produtor do In-Edit Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical, cuja 7ª edição estreia no CineSesc em 1º de julho de 2015. Pela primeira vez, ele vivenciou a audiodescrição (recurso que auxilia as pessoas com deficiência visual a compreender as imagens) durante uma exibição do 4º Festival Sesc Melhores Filmes. 'Para mim, o ponto alto deste festival, o melhor do Melhores, foi ter assistido (assistido?) ao filme "Uma Vida Comum" de olhos vendados, ligado no desenrolar da trama graças serviço de áudiodescrição que o Sesc oferece aos portadores de deficiência visual', conta Leonardo. Leia o belo texto na íntegra clicando aqui.

Escrito por:

Katia Fonseca