Publicado 08 de Maio de 2015 - 5h00

Em "Babilônia", capítulo desta sexta-feira, Murilo (Bruno Gagliasso) voltará a se aproximar de Alice (Sophie Charllotte)

Alex Carvalho/Globo

Em "Babilônia", capítulo desta sexta-feira, Murilo (Bruno Gagliasso) voltará a se aproximar de Alice (Sophie Charllotte)

Colaboração: José Carlos Nery

 

É chegado o momento de haver um entendimento mais amplo em torno da exibição de filmes na televisão, como algo que possa valer de vez para os canais convencionais ou fechados, mas que ao mesmo tempo e de imediato possa suprir as necessidades de milhares de pessoas.

O telespectador com limitações tem todo direito a isso e é de chamar atenção o pouco caso dispensado ao assunto, tanto por parte das emissoras em geral como das próprias autoridades responsáveis (?).

Mesmo nos filmes dublados, que hoje são maioria na TV como um todo – e que, portanto, já atendem os deficientes visuais, qual a dificuldade de se colocar legenda, para amparar todo aquele com distúrbio auditivo – surdos ou idosos? Não vai custar nada e a complexidade também é nenhuma. O que falta, apenas, é atenção e um pouco mais de cuidado para com o próximo.

TV Tudo

No alvo – 1

Nos corredores da TV Cultura, até com certa insistência, o nome do Arnaldo Jabor é citado como alvo para apresentar novo programa, um talk show intelectualizado, nas noites de terça-feira.

Passaria a ocupar o espaço do “Provocações”, do Antônio Abujamra, morto no último dia 28, mas não teria mais nada, além do horário, a ver com ele.

No alvo – 2

Também na Cultura existem entendimentos que poderão culminar na contratação de Moacyr Franco.

Se tudo correr como se espera, ele passará a apresentar um programa semanal, com música e humor. Moacyr, apesar de tantos anos na “Praça”, trabalha por cachê no SBT.

Próxima parada

Conrado Caputo e Marianna Armellini, já liberados de “Alto Astral” na Globo, irão se dedicar às gravações da terceira temporada da série “Vida de Estagiário”.

Serão três meses de trabalho em Buenos Aires, a partir do dia 18.

A série

“Vida de Estagiário” deve ser exibida na TV Brasil e no Warner Channel.

A série mostra o dia a dia de um estagiário em uma agência de publicidade.

Carapuça

Bater de frente é o que o autor Walcyr Carrasco e este que vos fala, em inúmeras oportunidades, mais fizeram. Mas tudo muito às claras. Sem nada esconder um do outro. Jogo limpo.

Pobres daqueles que mandam recado ou se utilizam de pseudônimos ou nomes de outras pessoas para dizer o que pensam.

Indispensável

Sobre a presença de Letícia Spiller em “I Love Paraisópolis”, pouco tempo depois de deixar “Boogie Oogie”, a equipe da próxima das 19h justifica tal esforço alegando que ela foi o primeiro nome pensado para a novela. Os autores Alcides Nogueira e Mário Teixeira até brincam que sem Letícia “não existiria ‘I Love’”.

Soraya, sua personagem, é uma vilã chique e superprotetora, mãe do protagonista, Benjamin (Maurício Destri).

Pedra em cima

Nos últimos eventos promocionais de “I Love Paraisópolis”, seus autores aproveitaram também para reforçar que a novela possui duas protagonistas, Bruna Marquezine e Tatá Werneck.

E não apenas uma, a Bruna. “Queríamos recriar esta coisa da dupla, que sempre funciona bem em dramaturgia”, assegura Mário Teixeira.

Situação curiosa - 1

Foi dada a largada do próximo “MasterChef”. O programa iniciou gravações da sua segunda temporada, mantendo o mesmo time da primeira.

O interessante é verificar a disputa entre dois de seus jurados, Henrique Fogaça e Erick Jacquin, em fazer as ações de merchandising. Quanto mais, melhor, independente do que seja.

Situação curiosa – 2

E esta é uma disputa, na base do vale tudo, que se resume somente aos dois, Fogaça e Jacquin.

Embora existam pedidos por ela, Paola Carosella, também do júri, não aceita fazer todo tipo de trabalho. Conforme estabelecido em contrato, só aquilo que ela aprova.

A busca continua

A direção da Record continua em busca de um bom produto para colocar nas tardes de sábado.

A volta de “O Melhor do Brasil” até poderia acontecer se houvesse um jeito de acertar com Márcio Garcia, mas esta é uma possibilidade que não mais existe, mesmo porque ele já tem compromissos assumidos com as emissoras da Globo.

Foto: Alex Carvalho/Globo

Em "Babilônia", capítulo desta sexta-feira, Murilo (Bruno Gagliasso) voltará a se aproximar de Alice (Sophie Charllotte)

Em "Babilônia", capítulo desta sexta-feira, Murilo (Bruno Gagliasso) voltará a se aproximar de Alice (Sophie Charllotte)

 

 Bate – Rebate

· O “Bem Estar” veio e, sem maior alarde ou paparicagem, soube ocupar o seu lugar na grade da Globo...

· ... A ponto de agora se tornar um produto indispensável.

· Graças ao empenho de todos, aos poucos, “Babilônia” vai tirando o atraso das suas gravações.

· Durante toda essa semana, elenco e produção de “Escrava Mãe” participaram do workshop da novela nos estúdios de Paulínia...

· ... O diretor Ivan Zetel já tem praticamente tudo pronto para dar início às gravações.

· O comportamento do Caio Castro, em “I Love Paraisópolis”, tem chamado a atenção de todos...

· ... Ele tem demonstrado que está de bem com a vida e bastante empenhado com o trabalho que tem pela frente...

· ... Nas gravações tem se mostrado um dos mais disciplinados.

· Há um plano na Bandeirantes de voltar a produzir novelas para o rádio...

· ... É um desejo que a sua direção vem alimentando faz algum tempo, mas nunca esteve tão próximo de se efetivar.

· O “Okay pessoal”, do Otávio Mesquita, foi bem na madrugada de quinta no SBT...

· ... Conseguiu o primeiro lugar, do começo ao fim, batendo de frente com o “Corujão do Esporte”.

C´est fini

A Globo entrou em contato para justificar a ausência de locutor e comentaristas na Vila Belmiro durante a final do campeonato paulista entre Santos e Palmeiras – a equipe transmitiu o jogo do estúdio.

Avisa que o fato não teve relação nenhuma com os protestos de torcedores santistas contra a emissora.

“Foi uma decisão de escala”, informa o canal, que diz ainda que seus narradores irão à Vila Belmiro quando a bola rolar para o campeonato brasileiro.

O Sportv, também ausente, não se justificou.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!