Publicado 23 de Março de 2015 - 20h27

Por Agência Estado

Alan Patrick não atua desde a partida contra o Capivariano, quando foi substituído após oito minutos em campo por causa de uma lesão na coxa esquerda

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Alan Patrick não atua desde a partida contra o Capivariano, quando foi substituído após oito minutos em campo por causa de uma lesão na coxa esquerda

O técnico Oswaldo de Oliveira deve ter dois importantes reforços para encarar o São Paulo nesta quarta-feira (25), no Allianz Parque, pela 12.ª rodada do Campeonato Paulista. O zagueiro Tobio e o meia Alan Patrick participaram do treinamento normalmente nesta segunda-feira (23) e têm boas chances de ficarem a disposição do treinador para o clássico. Já o meia Allione mais uma vez não treinou e continua como dúvida.

O elenco se reapresentou na tarde desta segunda, após a vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo, no último domingo (22). Os titulares fizeram um rápido trabalho regenerativo, enquanto que os reservas foram para o gramado fazer um treino tático. Tobio, recuperado de dores musculares, treinou normalmente, assim como Alan Patrick, que não atua desde a partida contra o Capivariano, quando foi substituído após oito minutos em campo por causa de uma lesão na coxa esquerda.

A tendência é que o time para o clássico seja praticamente o mesmo que derrotou o São Bernardo. A única novidade é o retorno de Tobio no lugar de Victor Ramos. A definição da equipe acontece no treino que será realizado nesta terça-feira (24).

Um dos destaques da partida do último domingo, Rafael Marques acredita que a equipe alviverde não leva desvantagem pelo fato de ter atuado com força máxima, enquanto que o São Paulo poupou seus principais jogadores - apenas o goleiro Rogério Ceni atuou diante do Marília. "O São Paulo vem jogando junto faz tempo. Eles precisavam descansar e nós não porque precisamos nos adaptar rápido. Prefiro jogar direto, inclusive. Óbvio que chega um momento em que você está cansado, mas não é a hora agora. Precisamos jogar e ficamos uma semana sem treinos", disse o atacante.

A expectativa é que o Allianz Parque esteja cheio para o jogo com o São Paulo. Até o final da manhã desta segunda foram comercializados 12 mil ingressos. São esperados cerca de 30 mil torcedores no estádio.

O Palmeiras tenta encerrar o tabu de 10 jogos consecutivos sem uma vitória contra os maiores rivais (Corinthians, São Paulo e Santos). Coincidentemente, o último resultado positivo foi justamente contra o São Paulo, em fevereiro de 2014.

Escrito por:

Agência Estado