Publicado 25 de Março de 2015 - 21h16

Por Jaqueline Harumi Ishikawa

Jaqueline Harumi

Da Agência Anhanguera

[email protected]

O número de roubos, furtos, homicídios e estupros na Região Metropolitana de Campinas diminuiu no primeiro bimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2014, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, que divulgou ontem as estatísticas policiais de fevereiro. De acordo com o balanço, também aumentaram o número de pessoas presas e de menores apreendidos.

A maior redução foi de homicídios dolosos (-34,8%). Em 2015, até o fim de fevereiro, foram registrados 45 assassinatos contra 69 no primeiro bimestre do ano passado. A redução no número de assaltos foi mais significativa em relação a veículos (-25,8%) e cargas (-17,3%). Os furtos de automóveis também diminuiu, mas como menor intensidade (-13,9%). Já o crime de estupro foi 11% menor, caiu de 163 para 145 casos.

Já o número de pessoas detidas aumentou bem como os tráficos e apreensões de drogas. Foram 1826 pessoas presas em flagrantes contra 1579 ( 15,6%), 639 presas por mandados contra 502 ( 27,3%) e 243 menores apreendidos contra 196 ( 24,0%). Em relação aos entorpecentes, foram registradas 90 apreensões neste primeiro bimestre contra 44 no mesmo período do ano passado ( 104,5%) e 671 tráficos contra 507.

Com a redução de roubos e furtos de veículos pelo sétimo mês consecutivo, o governador Geraldo Alckmin chegou a afirmar ontem durante a entrega de novo helicóptero Águia em Campinas que o Governo do Estado pediu para que as seguradoras reduzam os valores dos seguros de automóveis. O secretário Alexandre de Moraes, na mesma oportunidade, afirmou que não só os números são favoráveis. "Diminuir homicídios significa que mais vidas estão sendo salvas, reduzir roubos é ter mais liberdade para a população sair de casa com tranquilidade e a queda de estupros é dar mais dignidade para as pessoas".

Escrito por:

Jaqueline Harumi Ishikawa