Publicado 24 de Março de 2015 - 18h01

Por Adagoberto F. Baptista

Fotos: Divulgação/Rota das Bandeiras

Gustavo Abdel

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

Itatiba recebe a partir de amanhã uma central de triagem de material reciclável para destinação correta dos resíduos gerados na cidade e também nas rodovias que compõe o Corredor Dom Pedro. O espaço foi construído a partir das ações do programa Rota Reciclável, desenvolvido pela concessionária Rota das Bandeiras, e é resultado de uma parceria entre a empresa, a Prefeitura de Itatiba, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e a Artesp (Agência de Transportes de São Paulo). O local recebeu investimentos de R$ 2,5 milhões no programa.

A central de triagem será operada pelos 32 membros da Cooperativa Reviver pelos próximos 25 anos e terá capacidade de reciclar 220 toneladas de recicláveis por mês, 70% acima de sua capacidade atual. De acordo com a coordenadora de responsabilidade social da concessionária Rota das Bandeiras, Marcela Rezende, além de um espaço totalmente moderno, eles terão dignidade.

“Mais do que uma transformação na vida dos cooperados, e nova central de triagem resgata a dignidade do trabalhador. Antes eles tinham apenas um esteira para separar material que ficava a maior parte do tempo parada por que sempre quebrava, além de outras questões envolvendo a limpeza do antigo espaço”, relatou a coordenadora.

De acordo com Marcela, a nova sede possui pátio de manejo e áreas para recebimento e armazenamento do material, com três esteiras mecanizadas, balanças e elevador de carga. Construído em um terreno de 6 mil metros quadrados, o galpão também possui sede administrativa, vestiários com acessibilidade e área de lazer. Ontem à tarde a cooperativa passava pelos últimos ajustes nas máquinas.

Além da construção da central de triagem, o programa Rota Reciclável iniciou a capacitação dos cooperados em setembro de 2013. Foram 400 horas de cursos sobre gestão, organização da produção, e visitas técnicas a outras centrais. Itatiba possui 100% da coleta seletiva na área urbana - região que recebeu trabalho de conscientização com a população. Uma Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) também foi criada.

Os 9.824 moradores visitados receberam instruções sobre a divisão correta dos resíduos, para que os itens recicláveis sejam encaminhados para a Cooperativa Reviver. Doze escolas municipais também foram visitadas e receberam explicações sobre a cooperativa. O evento que marcará o início de operação do novo espaço será realizado às 10h.

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista