Publicado 01 de Março de 2015 - 14h25

Por Alenita de Jesus

Alenita Ramirez

[email protected]

Foto: Rádio Azul Celeste – Obs.: o da direita é menor, ok?

A Polícia Rodoviária prendeu na manhã de ontem, em Americana, três homens – dois maiores e um adolescente –, suspeitos de atacarem motoristas na Rodovia Luiz de Queiróz (SP-304), desde o início do ano. O trio foi pego por volta das 5h50, em frente a passarela em construção do km 125, próximo a empresa Net, após jogar um coco em um Hyundai ocupado por cinco pessoas da mesma família que seguia sentido Rodovia Anhanguera. Uma pessoa sofreu escoriações. O motorista não parou, acelerou e cerca de 2km adiante topou com uma viatura da PR que fazia operação visual da via. Os policiais foram no local e pegaram os acusados. Segundo a polícia, só na semana passada foram dois ataques no mesmo trecho, inclusive uma delas contra a viatura da polícia. A Polícia Civil vai investigar se o trio tem participação nos demais crimes.

No ataque de ontem, a família é de Americana e seguia viagem para Aparecida do Norte. “Vimos três pessoas em cima de um canteiro de obras e de repente uma delas jogou um objeto no carro. Foi um susto”, contou o motorista do carro.

A Polícia Rodoviária estava parada no acostamento perto do Aeroporto Municipal e chegou rapidamente ao local onde estavam os suspeitos. Eles não sabiam que a vítima tinha alertado a polícia. Os suspeitos alegaram que voltavam de uma festa e desconheciam o ataque, mas foram reconhecidos pelas vítimas que estavam no carro.

Segundo moradores, os ataques ocorrem entre o trevo de acesso a Nova Odessa e a empresa Net, sempre das 20h às 22h e das 4h as 6h da madrugada. Ao menos dois ataques ocorrem por semana. Na semana passada, a polícia abordou duas pessoas, mas foram liberadas por falta de provas.

Escrito por:

Alenita de Jesus