Publicado 01 de Março de 2015 - 13h12

Por Alenita de Jesus

Alenita Ramirez

[email protected]

Foto: Alenita Ramirez

Um incêndio de grandes proporções destruiu o estoque de uma unidade do hipermercado Carrefour, em Indaiatuba, no final da madrugada de ontem. Ninguém ficou ferido. O fogo começou em papelões para reciclagem na calçada, se alastrou e queimou 2,5 mil metros do estoque do mercado. Segundo testemunhas, dois homens passaram pela via por volta das 5h40 e colocaram fogo no material. As chamas se espalharam e atingiram a fiação de energia, árvore e depois o estoque.

Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros e duas particulares ajudaram no combate ao fogo. O teto do estoque ficou comprometido e a unidade ficou fechada. A Defesa civil foi acionada.

O primeiro a avistar o fogo foi o segurança Rodrigo Varollo dos Santos que chegou para trabalhar por volta das 5h30. “Não tinha ninguém no supermercado e a frente estava vazia. Quando olhei nos fundos, do lado de fora vi uma labareda saindo do monte de papelão”, contou.

Segundo testemunhas, havia pelo menos uma tonelada de material reciclável no local. Moradores das proximidades contaram que o material é colocado na calçada, perto do estoque, pelo próprio mercado e chega a ficar semanas. Ainda segundo os moradores, durante as madrugadas, alguns jovens usam o estacionamento do supermercado para andar de skate e usar drogas. Eles acreditam que os dois jovens que colocaram fogo no monte de reciclado, possivelmente estavam entre o grupo. O subgerente da unidade, Elosmam Monteiro, contesta e disse que há cerca de 20 anos, a unidade doa o material reciclado para catadores, que passam recolhendo nas madrugadas.

Há câmeras de segurança no supermercado e também em prédios e casas vizinhas. As imagens serão solicitadas pela Polícia Civil para as investigações.

O corpo de Bombeiros levou duas horas para controlar o fogo que se alastrou rapidamente no estoque. “Eu passava para pegar um cliente em um hotel quando avistei o fogaréu. Fiquei muito assustada”, contou a taxista Daniela dos Santos, 29 anos.

Moradores do entorno acordaram assustados com estouros. O fogo atingiu a rede de energia e a CPFL teve que cortar a energia no quarteirão. “As chamas se propagaram muito rápido. A pior parte para co controle foi na câmara fria, mas agora já esta tudo sob controle. A estrutura do estoque ficou comprometida”, disse o coronel do 7º Agrupamento do Corpo de Bombeiros, Wilson Lago Filho.

Em nota enviada à imprensa, o Carrefour afirma que, diante do alerta de incêndio na loja de Indaiatuba, acionou imediatamente o Corpo de Bombeiros. "A situação foi devidamente contornada. A loja permanece fechada para vistoria. Não houve feridos", diz a nota.

Escrito por:

Alenita de Jesus