Publicado 26 de Março de 2015 - 5h30

Motoristas e cobradores da Rápido Luxo, que faz o transporte público em Monte Mor e Hortolândia, encerram a greve ontem de manhã em Monte Mor. Em Hortolândia, os funcionários também aderiram a paralisação e os ônibus não circularam até as 10h. Os veículos começaram a sair da garagem por volta das 10h40. Os funcionários aceitaram a negociação entre o sindicato e os patrões.

Os trabalhadores reivindicavam o pagamento do vale-alimentação, que estava atrasado havia cinco dias, e também a troca do convênio médico. Segundo os empregados, o pagamento pendente foi feito e um dos acordos assinados foi o comprometimento da empresa em pagar uma multa caso volte a atrasar o vale. A íntegra da negociação que parou a greve não foi divulgada pelo sindicato.

Em Hortolândia, a greve atingiu os 161 ônibus intermunicipais, responsável por cerca de 30 mil passageiros. Outros 32 veículos do transporte urbano também não circularam.

Em Monte Mor, a greve começou na terça-feira e terminou ontem também por volta das 10h. Cerca de 5 mil pessoas que usam as linhas interurbanas da cidade foram prejudicadas ontem com a greve. (Alenita Ramirez/AAN)