Publicado 26 de Março de 2015 - 5h30

O prefeito Jonas Donizette (PSB) anunciou ontem um pacote de contratação de funcionários e entrega de obras para as áreas de Saúde e Educação. O pacote, chamado de Abril Mais, prevê a entrega do Pronto Atendimento São José, que foi reformado e modernizado, para o dia 12 de abril e a inauguração de unidade de educação para atender 800 crianças. As ações, disse, darão um salto na qualidade do atendimento à população.Uma das principais medidas será a ampliação em 2.278 servidores no quadro de funcionários da Saúde e Educação. Desse total, 562 médicos e enfermeiros e 453 professores, diretores, supervisores serão contratados em abril. Os demais irão depender de autorização da Câmara para criação de vagas, homologação de resultado de concursos e avaliação do impacto financeiro das contratações. Jonas disse que contratou, desde o início da Administração, 3,3 mil pessoas, que representam 20% da força de trabalho ativa do município. “Pegamos uma Prefeitura sucateada na prestação de serviços e optamos por valorizar o servidor para que os serviços à população possam ser o ideal”, afirmou.Jonas enviou ontem à Câmara projeto de lei para a criação de 616 cargos de agente comunitário de saúde para reforço nas equipes de combate à dengue e vai homologar o resultado de dois concursos públicos para contratar 350 técnicos de enfermagem e mais 255 agentes comunitários de saúde.O prefeito marcou para 2 de abril a entrega da farmácia popular, que passará a funcionar na Rua Dr. Quirino, e para o dia sete, a entrega da unidade descentralizada do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) na região do Ouro Verde. No dia 12 ocorrerá a entrega do novo Pronto Atendimento do São José, que passou por grande reforma.Também foi anunciado investimento no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, como a aquisição de novo tomógrafo no valor de R$ 700 mil, e a entrega de três equipamentos de última geração de ultrassom de R$ 320 mil, ambos em parceria com a Faculdade São Leopoldo Mandic. No próximo mês o hospital entrega a reforma e ampliação das recepções dos prontos-socorros e a aquisição de três ambulâncias.Já na área de Educação, Jonas anunciou para o dia 11 a inauguração do Centro de Educação Infantil Eduardo Campos, na Vila Esperança, para 300 crianças de zero a 5 anos e, em dia ainda não definido, a inauguração do Centro de Educação Infantil Jardim Campos Elíseos, para 300 alunos, além da inauguração da Escola Fazenda Capuava, no Campo Belo, para 200 alunos do primeiro ao quinto ano.Em abril, ele assina ordem de serviço para início das obras dos centros de educação infantil do San Martin e da Gleba B, cada uma para 324 crianças e abre 50 novas vagas para educação de jovens e adultos destinadas a funcionários do Aeroporto Internacional de Viracopos, que cursarão do sexto ao nono ano do Ensino Fundamenta.As contratações na Educação permitirão que 908 crianças passem do meio período para o período integral. No próximo mês serão contratados 273 agentes de educação infantil, 156 professores, 16 diretores e vice-diretores, oito supervisores educacionais. Há projeto para contratar 42 professores para o Ceprocamp, que dependerá ainda de concurso público. Nenhuma delas ocorrerá por meio de organizações sociais (OS).

Hospital adota controle de frequência de funcionários

O controle da frequência dos 1,7 mil servidores do Hospital Municipal Dr. Mario Gatti por ponto eletrônico começará em 80 dias, prazo que a empresa que venceu a concorrência terá para implantar o sistema, informou o presidente da unidade, Marcos Pimenta. O hospital será a primeira unidade de saúde de Campinas a controlar a jornada dos funcionários com o ponto.

O prefeito Jonas Donizette (PSB) disse que a medida visa garantir serviço de qualidade à população. A contratação da empresa será homologada em abril. “Quem trabalha direito não precisa ter preocupação. Vai assinalar e a vida continua normalmente. O que a gente precisa é que quando o paciente chega para ser atendido o profissional esteja lá”, afirmou. (AAN)