Publicado 27 de Março de 2015 - 5h30

Apenas a vontade da diretoria e a disputa da Copa Libertadores seguram Muricy Ramalho no comando do São Paulo. Ontem, o técnico demonstrou interesse em sair depois da derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, mas desistiu da ideia por ter recebido apoio dos dirigentes e pela esperança de conseguir avançar no torneio continental.

O desempenho na Libertadores será fundamental para devolver a tranquilidade ao elenco e afastar a possibilidade de troca de treinador neste primeiro semestre. Por isso, o jogo da próxima semana contra o San Lorenzo, na Argentina, terá grande importância para o clube.

Ontem, durante uma hora, a comissão técnica, o gerente de futebol, Gustavo de Oliveira, e o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, ficaram reunidos com o treinador para discutir como fazer o time reagir. E por pouco o encontro não selou a saída de Muricy Ramalho. "Ele me disse: ‘Se você acha que pelo bem do São Paulo é melhor sair, eu saio’. Respondi a ele que a sua permanência era imprescindível e que temos confiança nele", contou Ataíde.

Depois da reunião, Muricy Ramalho foi ao campo para acompanhar o jogo-treino dos reservas contra o time sub-20 do clube. Abatido, permaneceu no canto do gramado, abrigado sob uma sombra, e sem falar com o elenco. O mesmo semblante de derrota o técnico mostrou após a partida contra o Palmeiras. Ele admitiu não saber o que fazer para o time melhorar e contou já ter tomado diversas atitudes que não tiveram sucesso.

No entender da diretoria, a troca de técnico no atual momento seria muito prejudicial à equipe porque o São Paulo está no meio da disputa de duas competições (Campeonato Paulista e Libertadores) e tem chance de título em ambas.

Com o elenco, a abordagem do assunto será diferente. Os jogadores vão conversar individualmente com Ataíde Gil Guerreiro para falar sobre os problemas e ouvir cobranças. O zagueiro Rafael Toloi e o meia Michel Bastos foram expulsos contra o Palmeiras e devem ser multados com desconto no salário. (Da Agência Estado)