Publicado 26 de Março de 2015 - 5h30

O Golden State Warriors segue irresistível na temporada 2014/2015 da NBA. Líder disparado da Conferência Oeste e com a melhor campanha de toda a liga, a equipe chegou à sétima vitória consecutiva ao despachar o desfalcado Portland Trail Blazers na rodada de terça-feira, por 122 a 108, mesmo atuando fora de casa.

Mais uma vez o destaque foi o armador Stephen Curry. Grande candidato a MVP (jogador mais valioso) da temporada, ele tomou conta do jogo e terminou com 33 pontos, sendo 15 anotados em bolas de três, além de 10 assistências. Andre Iguodala deixou o banco para marcar 21 pontos.

O forte jogo coletivo fez o Warriors chegar a 58 vitórias, oito à frente do segundo colocado do Oeste, o Memphis Grizzlies. O Portland é o quarto da conferência, com 44. Na terça, o time teve o armador Damian Lillard como destaque, com 29 pontos. Vale lembrar que LaMarcus Aldridge, Wesley Matthews, Chris Kaman e Nicolas Batum, todos lesionados, não atuaram.

Em outra partida entre duas das principais equipes da Conferência Oeste, o Dallas Mavericks levou a melhor no duelo texano diante do San Antonio Spurs por 101 a 94, em casa. Foi a 45 vitória da equipe, sétima colocada da conferência.

O Mavericks precisou superar um início ruim, já que perdeu o primeiro quarto por 29 a 17, para vencer. O destaque ficou por conta de Monta Ellis, que igualou sua melhor atuação na temporada ao anotar 38 pontos. Dirk Nowitzki contribuiu com um double-double, ao marcar 15 pontos e pegar 13 rebotes. Pelo Spurs, o brasileiro Tiago Splitter fez oito pontos, quatro rebotes e uma assistência.

Quem voltou a se destacar na rodada de terça foi o armador Russell Westbrook. Ele comandou a vitória do Oklahoma City Thunder diante do Los Angeles Lakers por 127 a 117, em casa, com um double-double. Foram 27 pontos e 11 assistências.

Nas outras partidas do dia, o Miami Heat caiu diante do Milwaukee Bucks por 89 a 88, fora de casa, graças à cesta no estouro do cronômetro de Khris Middleton. Também apertado, o Sacramento Kings passou pelo Philadelphia 76ers por 107 a 106. Já o Detroit Pistons contou com 28 pontos de Reggie Jackson para bater o Toronto Raptors por 108 a 104. (AE)