Publicado 25 de Março de 2015 - 5h30

O Guarani faz hoje um jogo de alto risco. Após sair do G4 da Série A2 do Campeonato Paulista, o Bugre se vê proibido de errar e com total obrigação de vencer o Atlético Sorocaba, às 20h30, no Brinco de Ouro, pela 12 rodada. Sétimo colocado com 19 pontos, o alviverde entra pressionado para fazer o dever de casa, já que qualquer outro resultado distancia o time do grupo de acesso e faz com que a missão de retornar à elite se torne ainda mais complicada. Já o adversário luta por outro objetivo. Depois de perder quatro pontos no Tribunal, o Galo ficou com apenas 8 e atualmente abre a zona de rebaixamento.Embora sejam dois times que precisem da vitória, o técnico Marcelo Veiga sabe que a pressão e a necessidade recaem muito mais sobre o Guarani. Por isso, já preparou o grupo para as armadilhas que a partida pode apresentar. "Todos os jogos para o Guarani são de alto risco. A gente sabe que não tem outra alternativa que não os três pontos", admite. "É claro que quando acontece um tropeço as coisas vão para um lado negativo, mas estamos focados e sabemos o quanto a vitória é fundamental. Espero que em campo o time possa transmitir ao torcedor esse desejo de querer vencer", completa.Além do Atlético Sorocaba, o Guarani também mira os próximos compromissos. O Bugre almeja nove pontos em três jogos — depois enfrenta Rio Branco e Guaratinguetá — que seriam vitais para deixar a equipe em situação mais cômoda. "Desses três jogos, dois são em casa. E cumprindo a meta, ficamos mais próximos da classificação, embora ainda tenha muita coisa para acontecer", lembra o treinador.De volta ao time e recuperado de uma pancada no tornozelo esquerdo, o atacante Nunes lembra do momento de definição do campeonato e avisa. "Se a gente pensa em conseguir alguma coisa, tem que engrenar logo. A reação precisa começar. Já erramos demais e não tem mais tempo para isso. É hora de jogar no limite para conseguir as vitórias", avalia.O retrospecto como mandante serve de motivação. Em cinco jogos no Brinco, o Guarani venceu quatro vezes. Diante de um adversário que luta contra o rebaixamento e deve atuar no erro bugrino, o time conta com esse bom aproveitamento. "Estamos aproveitando bem o fator campo, mas todos os jogos aqui têm sido complicados", explica Nunes. "São adversários fechados, que vem por uma bola, mas estamos vacinados. E precisamos vencer de qualquer maneira."

Fumagalli desfalca time pela primeira vez

Depois de não contar com o artilheiro Nunes na derrota para o Santo André, o Guarani terá outro desfalque de peso para o jogo contra o Atlético Sorocaba. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o meia Fumagalli fica fora do time pela primeira vez na temporada. Ele era, ao lado do goleiro Neneca, o único jogador que atuou em todas as rodadas até o momento. Para seu lugar, o técnico Marcelo Veiga mudou o substituto. Depois de treinar com Vítor Hugo, o comandante confirmou ontem a manutenção de Thiago Cristian na equipe.

Segundo o treinador, a opção é para não mudar muito o estilo do Bugre. "O Thiago tem mais a característica de jogar pelo meio do que o Vítor, que é mais de beirada. O Fumagalli é uma referência e que fará muita falta, mas temos possibilidade de dar oportunidade a outros", afirma. "Espero que a equipe não sinta tanto as ausências como aconteceu no último jogo." Veiga também confirmou as outras mudanças no time. Na lateral-direita Raoni será escalado no lugar de Watson, expulso na última rodada. No meio, com Éder Silva ainda vetado e Coppetti suspenso, Thiago Carpini será um dos volantes. Outro que tem retorno garantido é o atacante Nunes, na vaga de Caio Mancha. Para o artilheiro, o time não pode se preocupar com os desfalques. (CR/AAN)

NOTAS DO BUGRE

Reunião

O presidente Horley Senna se reuniu com os jogadores antes do treino de ontem. O dirigente cobrou empenho do grupo nas próximas partidas, disse que o pagamento dos salários — que deveria ocorrer no final da semana passada — vai acontecer até sexta-feira e ainda acertou os bichos que estavam em atraso.

Atlético Sorocaba

Vitorioso na última rodada, o Atlético Sorocaba vem com novidades para o jogo de hoje. Três jogadores deixaram o departamento médico, mas apenas o lateral-direito Alex está escalado entre os titulares. O volante Elielton, que cumpriu suspensão, também volta ao time. A única baixa é o atacante Lucas Vieira, que levou o terceiro cartão amarelo.

Visita

O elenco do Guarani recebeu ontem durante o treino a visita de alunos e alunas do Projeto Bugrinho. A garotada acompanhou a atividade de perto e ainda teve a oportunidade de se aproximar dos jogadores para autógrafos e fotografias.

GUARANI

Neneca; Raoni, Cris, Preto Costa e Bruno Pacheco; Thiago Carpini, Cambará, Malaquias, Thiago Cristian e Fernandinho; Nunes. Técnico: Marcelo Veiga.