Publicado 23 de Março de 2015 - 5h30

Ricardo Oliveira voltou ao Brasil cercado de desconfiança após ficar muitos anos atuando nos Emirados Árabes Unidos. Por isso, fez um contrato com valores pequenos e válido até o fim do Campeonato Paulista com o Santos. Após cinco gols marcados e boas atuações, falar de renovação com o clube parece algo inevitável, até porque concorrentes começam a cobiçá-lo. O jogador acredita que renovar com um contrato mais vantajoso seria um tipo de reconhecimento do clube.

"Para mim era um grande desafio que eu havia aceitado quando vim para o Santos. Abri mão da parte financeira completamente só para realizar o sonho do meu filho, que era ver o pai jogando aqui. E ele está orgulhoso de me ver fazendo tantos gols. Meu trabalho está sendo bem feito e a renovação é um reconhecimento do que estou fazendo", comentou o atacante, autor do gol da vitória do Santos sobre o Audax , no sábado.

O técnico do time alvinegro, Marcelo Fernandes, também faz coro e pede a permanência do jogador de 34 anos. "O teste do Ricardo Oliveira já acabou. Desde que eu era auxiliar, para mim, já acabou. A diretoria é inteligente e está sabendo disso. Com certeza, vai renovar o contrato dele. Isso já foi pedido faz tempo", contou o treinador.

Enquanto conversa com o Santos para tentar um acordo, alguns clubes brasileiros e do Oriente Médio já sondam o atleta. Pelas declarações, a tendência é que o atacante permaneça no País e a prioridade nas conversas seja do time santista.

Desempenho

O excelente desempenho do Santos no Campeonato Paulista, somando 29 dos 33 pontos possíveis (empatou com Mogi Mirim e São Paulo e venceu os outros jogos) e a classificação antecipada para a próxima fase fazem com que os jogadores da equipe alvinegra respirem aliviados por conseguirem superar as desconfianças existentes sobre a qualidade da equipe antes do começo da competição.

"Falaram que a gente era a quarta força dos grandes e estamos provando o contrário em campo", disse o atacante, Robinho. (Agência Estado)