Publicado 02 de Março de 2015 - 5h30

Jadson quase deixou o Corinthians na última semana em negociação para jogar no futebol chinês. Porém, na última hora ele preferiu ficar e foi o protagonista do time na vitória por 3 a 0 sobre o Mogi Mirim ontem, no Itaquerão. O meia criou as principais jogadas da equipe alvinegra e ainda marcou um golaço para abrir o marcador. Luciano, que entrou no segundo tempo, ampliou e Guerrero deu números finais ao confronto.

Com o resultado, o time comandado por Tite retomou liderança isolada do Grupo B, com 16 pontos, dois a mais do que a Ponte Preta, que no último sábado havia assumido a ponta de forma provisória ao bater o Red Bull por 2 a 1, em Campinas. A equipe de Mogi Mirim ficou em segundo lugar do Grupo A, com 14 pontos.

Após nova vitória pelo torneio estadual, o Corinthians agora volta as suas atenções para a Libertadores. Na quarta-feira visita o San Lorenzo, em Buenos Aires, em partida que não terá a presença de torcida por causa de punição aplicada ao time argentino. O Mogi Mirim enfrenta no próximo sábado a Ponte Preta, em casa.

Sustos

Tite optou por mandar a campo uma equipe mista e ofensiva, com Vagner Love e Guerrero pela primeira vez juntos no ataque e dois laterais fortes no apoio ao ataque, Edílson e Mendoza, este improvisado no setor. Poupou os zagueiros Gil e Felipe e os volantes Ralf e Elias por conta da competição continental. Desentrosado, o time encontrou dificuldades para chegar à meta adversária na etapa inicial e levou alguns sustos.

A dupla de frente esboçou uma ou outra tabela, mas demonstrou que ainda precisa de treino para engrenar.

Na etapa final, Tite mudou o esquema do Corinthians com a entrada de Danilo no lugar de Vagner Love. O time melhorou e aos 13’, Jadson recebeu na entrada da área pelo lado esquerdo, limpou o zagueiro e bateu no ângulo oposto.

O gol embalou o time alvinegro, que desperdiçou duas boas chances de cabeça com Guerrero e Edu Dracena antes de ampliar com Luciano, aos 31. O jogador entrou no lugar de Malcom e na primeira chance que teve guardou. Ele recebeu passe de Guerrero na área, cortou o zagueiro e bateu no contrapé do goleiro para comemorar.

O Corinthians passou a tocar a bola e ainda conseguiu ampliar aos 43’ com Guerrero. (Da Agência Estado)

Jadson deseja conquistar muitos títulos

Um dos destaques da vitória por 3 a 0 do Corinthians sobre o Mogi Mirim, com direito a golaço, o meia Jadson deixou o campo aplaudido. O jogador recebeu o reconhecimento da torcida pelo gol marcado na partida e também por ter decidido permanecer no clube, apesar de proposta tentadora do futebol chinês. Diante dos aplausos, ele manteve a humildade e disse que ainda não se considera ídolo do clube.

"Acho que posso ter carinho da torcida, sim, mas idolatria, não. O jogador tem que fazer muita coisa pelo clube, como ganhar títulos e colocar seu nome na história do clube. Estou correndo em busca disso aí. Quero levantar taças aqui e isso que vou lutar para fazer", disse o meia. (AE)

CORINTHIANS

Cássio; Edílson, Yago, Edu Dracena e Mendoza (Fagner); Petros, Cristian, Jadson e Malcom (Luciano); Vagner Love (Danilo) e Guerrero. Técnico: Tite.