Publicado 24 de Março de 2015 - 16h14

Piscina sem tratamento adequado em casa fechada há dois anos no Jardim Chapadão em Campinas

César Rodrigues/ AAN

Piscina sem tratamento adequado em casa fechada há dois anos no Jardim Chapadão em Campinas

Campinas já tem 5.245 casos confirmados de dengue, de acordo com balanço divulgado na tarde desta terça-feira (24) pelo Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), da Secretaria Estadual de Saúde. Além dessas confirmações, 8.414 casos foram notificados, uma vez que a cidade suspendeu a sorologia na segunda (23) - o que na prática faz com que as suspeitas de dengue sejam confirmadas apenas com exames clínicos e automaticamente notificadas.

 

 

A sorologia é suspensa a partir de quando há 80 notificações para cada 100 mil habitantes. O número é o correspondente a cidades com mais de 500 mil habitantes.

No início do mês, no balanço anterior divulgado pela Secretaria Estadual, Campinas tinha 1.664 casos confirmados e 4.528 casos notificados. A base de dados estadual é alimentada com as informações fornecidas pelos municípios.

O Secretário de Saúde de Campinas, Cármino de Souza, afirmou que o número preocupa a Prefeitura, mas que a prioridade é tratar os pacientes já contaminados e manter a rede básica de saúde preparada.

 

“Em um cenário com número maior de casos é evitar a morte. No entanto, neste momento, com número grande, preciso estar com minha rede preparada para cuidar bem das pessoas”, disse. No ano passado, a cidade viveu a maior epidemia da história, com mais de 40 mil casos de dengue.