Publicado 25 de Março de 2015 - 16h59

Por Da Agência Anhanguera de Notícias

Tiger 800 XRx  é montada em Manaus

Divulgação

Tiger 800 XRx é montada em Manaus

A Triumph está lançando no mercado brasileiro a nova Tiger 800, cujas vendas nas concessionárias terão início em abril em duas versões: Tiger 800 XRx e Tiger 800 XCx. Montadas em Manaus (AM) desde o início deste mês, as duas versões trazem como principais diferenciais novo visual, tecnologia mais focada no piloto com novos itens de conforto e segurança de série, menor consumo de combustível e melhor desempenho off-road, entre muitas outras inovações.

 

A 800 XRx e Tiger XCx começam a ser vendidas com preço sugerido de R$ 42.190,00 e R$ 45.390,00, respectivamente. A marca inglesa espera comercializar 1.500 unidades da nova Tiger 800 no Brasil em 2015, entre as duas versões.

 

Tecnologia

A nova Tiger 800 é uma motocicleta do segmento adventure. A motocicleta incorpora uma tecnologia que foi desenvolvida para otimizar a pilotagem, tanto na estrada como no off-road. Isso inclui uma série de recursos de ponta, como o sistema de aceleração eletrônico “Ride by Wire”, freio ABS comutável, controle de tração, diferentes mapas de aceleração, modos de pilotagem selecionáveis e piloto automático, entre outros itens.

O sistema ABS comutável é padrão em todos os modelos da linha Tiger 800 e utiliza avançada tecnologia para prevenir o travamento das rodas, garantindo segurança máxima e controle em todas as condições de terreno. Nestas versões, o sistema ABS pode ser ligado ou desligado, de acordo com a necessidade do usuário. Os pilotos podem personalizar suas escolhas para o sistema de freios ABS através dos três modos de pilotagem avançados.

 

Quando o modo off-road é selecionado, por exemplo, o ABS é desabilitado para a roda traseira e o sistema também permite, em algum nível, o travamento da roda dianteira. Isso proporciona ao piloto um nível de intervenção eletrônica de frenagem, ao mesmo tempo em que otimiza o desempenho off-road.

 

Tração

O sistema Triumph de Controle de Tração (TTC) está presente nas duas versões. Este recurso  previne o giro inesperado da roda traseira, cortando o torque do motor para evitar a perda de aderência lateral, proporcionando máximo controle tanto na estrada como em terrenos off-road. O piloto pode selecionar a sua configuração de TTC para “ligado” ou “desligado”. A versão XCx, top de linha, conta também com as configurações “estrada” e “off-road”, além de “ligado”e “desligado”.

 

No modo “off-road”, o controle de tração permite maior deslize da roda traseira em comparação ao modo “estrada”. Os motociclistas podem configurar suas preferências do controle de tração em conjunto com os ajustes dos três modos de pilotagem, aumentando ainda mais a praticidade e a versatilidade da motocicleta.

Mapas de aceleração

Permitindo a escolha entre quatro diferentes mapas de aceleração, os usuários podem selecionar a melhor configuração de acordo com suas preferências e condições climáticas. As diferenças entre os mapas são definidas pela abertura da aceleração: o motor fornece potência máxima em todos os mapas, mas o piloto precisa de diferentes acionamentos do acelerador para obter a mesma resposta.

 

O modo “chuva”, por exemplo, reduz a resposta da aceleração para se adequar a situações onde há umidade e risco de derrapagem. Já o modo “esportivo” proporciona uma resposta mais agressiva e rápida, sendo necessário um menor acionamento do acelerador. No modo “off-road”, a aceleração é otimizada para encarar trilhas e terrenos não pavimentados. O modo “estrada” é a configuração padrão, oferecendo uma aceleração extremamente linear e suave para as condições do dia a dia.

Uma característica fundamental da nova Tiger 800, nas duas versões, é a possibilidade de configurar a moto para determinados tipos de terreno através do acionamento de apenas um botão. Quando o motociclista desejar passar da pilotagem numa estrada para um terreno off-road, por exemplo, bastará dar um simples toque neste botão, seguido do acionamento da embreagem, para alterar o comportamento da sua motocicleta de “estrada” para “off-road”. Esta ação configura automaticamente o sistema de freios ABS, o controle de tração e os mapas de aceleração, mesmo com a moto em movimento, garantindo uma melhor pilotagem nas novas condições.

 

Modos de pilotagem

Existem três modos de pilotagem disponíveis na nova Tiger 800: “estrada”, “off-road” (que configura automaticamente o sistema de freios ABS, o controle de tração e os mapas de aceleração para o modo “off-road”, reduzindo a ação dos sistemas ABS e de controle de tração, o que permite um maior nível de derrapagem) e “pilotagem programável”.

 

Este último modo é completamente ajustável e permite ao piloto estabelecer suas próprias preferências para o sistema de freios ABS e controle de tração e selecionar um dos quatro mapas de aceleração disponíveis. Como um recurso adicional de segurança, se o piloto optar por um modo que desative os freios ABS ou o controle de tração, é necessário que o piloto pare a moto e acione o modo para que só então estes sistemas sejam efetivamente desativados.

Outra inovação do modelo é a inclusão do controle de velocidade de cruzeiro (piloto automático) – é a primeira motocicleta da categoria equipada com este recurso. É um item de série nas duas versões, que é muito útil em longas viagens, reduzindo o cansaço do piloto e melhorando o consumo de combustível.

 

O modelo também vem equipada, de série, com computador de bordo que fornece ao piloto informações como tempo de viagem, velocidade média, autonomia e consumo instantâneo de combustível. A Tiger 800 redefiniu o que os pilotos deveriam esperar de uma motocicleta da categoria “adventure”. Proporcionando uma pilotagem ainda mais agradável, empolgante e recompensadora, a nova Tiger é uma moto mais confortável e refinada, com maior eficiência no consumo de combustível, mais ágil e com uma melhor adequação às viagens.

Motor

O tradicional motor Triumph de três cilindros, com 95 cv, proporciona à motocicleta uma personalidade única e sofisticada. Internamente no propulsor, os inúmeros aperfeiçoamentos reduziram ruídos e melhoraram seu desempenho. Assim, a nova Tiger 800 conta com um motor extremamente eficiente que fornece força contínua e suave em baixas velocidades, proporciona uma ampla potência na faixa intermediária de rotações e ainda permite ao piloto utilizar a faixa alta de potência, até o limite de 10.000 rpm.

Tirar o máximo da personalidade agressiva do motor se tornou mais fácil graças ao mecanismo mais leve e preciso de troca de marchas, que agora utiliza peças da superesportiva Daytona 675, líder mundial no seu segmento. O consumo de combustível também foi consideravelmente reduzido – em até 17% em um trajeto de “uso misto”, aumentando a autonomia do modelo nas viagens. A nova Tiger utiliza um chassi líder da categoria, o que se traduz em dirigibilidade excepcional e um melhor desempenho off-road. A Tiger fornece bastante feedback ao piloto e possui uma grande estabilidade e neutralidade, o que permite ao motociclista colocar a moto exatamente onde ele quer, seja em terrenos homogêneos ou acidentados.

 

Diferenças

O modelo XRx vem equipado com suspensão Showa, calibrada para uma excelente dirigibilidade em qualquer superfície. A suspensão dianteira tem curso de 43 mm, com garfo USD, agora em preto anodizado. A suspensão traseira possui um amortecedor único Showa, com ajuste de pré-carga de fábrica, permitindo fácil adequação e flexibilidade para ajustar a configuração da suspensão às necessidades de cada viagem, seja um percurso solitário ou uma aventura com alguém na garupa.

A suspensão WP foi usada para uma melhor adesão ao ambiente off-road no modelo XCx. O garfo USD, também de 43 mm, com rebote e amortecimento de compressão, é facilmente ajustável através de dispositivos nas cabeças do garfo. A suspensão traseira possui um amortecedor único WP, ajustável para pré-carga e compressão de amortecimento. As rodas destacam as diferentes personalidades dos modelos XRx e XCx.

 

A Tiger XRx vem com rodas de alumínio, com 17 polegadas de diâmetro na traseira e 19 polegadas na dianteira, o que garante dirigibilidade e estabilidade superiores. O modelo XCx utiliza rodas de raios para uma maior durabilidade em terrenos hostis, com diâmetro de 17 polegadas na traseira e 21 polegadas na dianteira, uma medida especialmente direcionada para o uso off-road.

As duas versões serão comercializadas no mercado brasileiro em três opções de cores: branco (Crystal White), preto (Phantom Black) e azul (Caspian Blue). Um conjunto de pacotes de acessórios foi desenvolvido para a nova Tiger 800. Com opções “esportivo”, “conforto”, “viagem”, “proteção” e “bagagem”, os pilotos podem personalizar a moto segundo suas necessidades e preferências pessoais.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera de Notícias