Publicado 23 de Março de 2015 - 20h44

Cena do filme 'Não Pare na Pista - A Melhor História de Paulo Coelho', que terá exibição Hors Concours no 6º Paulínia Film Festival

Divulgação

Cena do filme 'Não Pare na Pista - A Melhor História de Paulo Coelho', que terá exibição Hors Concours no 6º Paulínia Film Festival

'Não Pare na Pista – A Melhor História de Paulo Coelho', de Daniel Augusto (2014) - atração do Telecine Pipoca nesta terça-feira (24), às 22h -, sofre de um problema grave: é uma história oficial. O próprio escritor viu uma cópia antes do lançamento, o que tira um pouco a credibilidade do filme.

 

Em todo caso, e por se tratar do mais famoso escritor brasileiro, vale para conhecer a trajetória dele a partir dos anos 1960, quando já sonhava viver da escrita, a juventude nos 1980 e a maturidade nos dias de hoje. E há uma feliz coincidência, pois dois irmãos (Júlio e Ravel Andrade) fazendo respectivamente o jovem e o adolescente.

 

Mas o que chama mesmo a atenção é o trabalho mais que convincente de Ravel, o Paulo Coelho rebelde. É um ótimo ator de futuro brilhante.

 

No mais, ficamos sabendo um pouco mais sobre a relação de amizade e parceria na música com Raul Seixas, drogas, rock, os conflitos com o pai, um pouco de ditadura militar e a carreira fulminante do Paulo Coelho escritor. Pode-se gostar ou não do que ele escreve, porém 'Não Pare na Pista' tem uma história digna de filme.