Publicado 23 de Março de 2015 - 15h46

Cruz disse que é tempo de restaurar o país e convocou os jovens conservadores a apoiá-lo

AF

Cruz disse que é tempo de restaurar o país e convocou os jovens conservadores a apoiá-lo

O senador Ted Cruz, de origem cubana e membro do ultraconservador Tea Party, confirmou nesta segunda-feira (23) sua candidatura à indicação republicana para as eleições presidenciais americanas de 2016.

"Eu estou concorrendo à presidência e espero conquistar o seu apoio!", escreveu Cruz em uma mensagem na rede social Twitter.

Com 44 anos, Rafael Edward Cruz, militante do Tea Party, eleito senador pelo estado do Texas em 2012, se torna, assim, o primeiro republicano entrar na corrida presidencial para as eleições do próximo ano, antecipando-se a Jeb Bush, candidato oficioso à Casa Branca, e a outras figuras da direita nacional.

Em um vídeo de 30 segundos publicado no Twitter na madrugada desta segunda-feira, Cruz disse que é tempo de restaurar o país e convocou os jovens conservadores a apoiá-lo.

"Esta é a hora da verdade, o momento de levantar o desafio, como os americanos sempre fizeram", sustentou.

"Precisamos de uma nova geração de conservadores corajosos para restaurar a grandeza dos Estados Unidos e estou pronto para dirigir o combate com vocês", acrescentou.

Após seu breve vídeo no Twitter, Cruz publicou outro mais longo no YouTube, ressaltando suas raízes imigrantes e sua fé em Deus, e prometeu, com a ajuda de seus partidários, "defender e restaurar nossa promessa, honrar a Constituição e restabelecer nossa liderança no mundo".

Também lançou uma versão do vídeo em espanhol em uma tentativa de reunir o apoio dos latinos, o maior grupo minoritário dos Estados Unidos.

Casado e com duas filhas, Cruz nasceu na cidade canadense de Calgary em 1970, filho de mãe americana e pai cubano, um imigrante que chegou ao Texas em meados dos anos 1950, depois de lutar contra a ditadura de Fulgencio Batista.

Seu nascimento no Canadá gera dúvidas sobre se para ser presidente dos Estados Unidos é preciso nascer em solo americano ou basta ter herdado a nacionalidade de um dos pais desde o nascimento, como é seu caso.

Por precaução, Cruz renunciou em 2013 a sua nacionalidade canadense.

Seus conselheiros informaram à imprensa que Cruz espera arrecadar entre 40 e 50 milhões de dólares para sua campanha.

Conservador sem complexos

Excelente orador e advogado de renome educado em Harvard, Ted Cruz, um conservador sem complexos, centrará sua campanha nos temas habituais do Tea Party, segundo o Houston Chronicle.

No mês passado, o senador reconheceu que "2016 parece ser uma corrida muito apertada", com vários candidatos.

Do lado republicano, além do ex-governador da Flórida Jeb Bush - filho e irmão de presidentes - também aparecem como pré-candidatos o senador Marco Rubio - filho de imigrantes cubanos -, o liberal Rand Paul - filho do ex-congressista e candidato à presidência Ron Paul, e o governador de Nova Jersey Chris Christie.

Cruz é um forte crítico do governo Obama e dos democratas, e já começou a atacar os potenciais candidatos democratas para 2016. Sobre a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, declarou recentemente que ela "personifica a corrupção de Washington".

Apesar de seu sobrenome, também é um dos mais fervorosos opositores à reforma migratória de Obama, com a qual o atual presidente espera regularizar a situação de cinco milhões de pessoas, e que Cruz chama de "anistia ilegal".

Em algumas ocasiões criticou inclusive Jeb Bush e outros republicanos por sua falta de firmeza no tema da imigração.

Por sua vez, Cruz liderou os esforços do Partido Republicano para introduzir cortes e medidas para desmantelar a lei de saúde do presidente Obama, conhecida como Obamacare.

Uma pesquisa informal realizada em fevereiro durante a Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), o grande encontro anual da ala direitista do partido republicano, colocou Cruz na terceira posição para a presidência de 2016, com 11,5% dos votos, atrás do senador do Kentucky (centro-leste) Rand Paul e do governador do Wisconsin (norte) Scott Walker.