Publicado 23 de Março de 2015 - 15h37

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu

AFP

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, que venceu as eleições parlamentares de 17 de março, apresentou nesta segunda-feira (23) um pedido de desculpas por suas declarações sobre os árabes israelenses durante a campanha eleitoral, muito criticadas especialmente pelos Estados Unidos. Havia declarado-se contra a criação do Estado de Palestino.  

"Eu sei que minhas declarações na semana passada ofenderam alguns cidadãos israelenses e membros da comunidade árabe-israelense. Essa nunca foi minha intenção. Peço desculpas por isso", disse Netanyahu, cujas declarações durante uma reunião com árabes israelenses em Jerusalém foram transmitidas pela televisão.