Publicado 23 de Março de 2015 - 10h14

Por France Press

A polícia antiterrorista da Indonésia prendeu no domingo (22) cinco homens acusados de recrutar principalmente mulheres e crianças para a organização jihadista Estado Islâmico (EI) na Síria, anunciou o governo de Jacarta.

Os acusados foram indiciados por aconselhamento e recrutamento de 16 pessoas que foram detidos no início do mês na Turquia, quando supostamente tentavam viajar para o Iraque e a Síria para unir-se ao EI.  

As autoridades destacaram que os cinco detidos também teriam arrecadado recursos para as as atividades do grupo jihadistas.

Mais de 500 cidadãos da Indonésia, o país de maior população muçulmana do mundo, estariam na Síria e no Iraque para combater ao lado do EI, segundo o governo do país.

Escrito por:

France Press