Publicado 23 de Março de 2015 - 10h22

Por France Press

Ciclone em Vanuatu deixou um rastro de destruição com ventos que chegaram a 320 km/h

France Press

Ciclone em Vanuatu deixou um rastro de destruição com ventos que chegaram a 320 km/h

O balanço provisório de vítimas do ciclone Pam, que devastou o arquipélago de Vanuatu, localizado na Oceania, em 13 de março, foi reduzido para 11 mortos, anunciou a ONU.

O Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU (OCHA) revisou diversas vezes o número de vítimas fatais após a passagem do ciclone, depois de um primeiro balanço de 44 mortes não confirmadas.

Vanuatu e seus 270 mil habitantes sofreram na madrugada de 13 para 14 de março com o ciclone Pam, uma tempestade de categoria 5 com rajadas de ventos superiores a 320 km/h.

Mais de 166 mil pessoas foram afetadas em 22 das 80 ilhas que integram o arquipélago.

"As primeiras informações confirmam a destruição de 20% a 90% de casas, escolas, armazéns, igrejas e plantações nas 22 ilhas", anunciou o organismo da ONU.

Vários desabrigados ainda aguardam ajuda humanitária. A ONU registrou 10 milhões de dólares de donativos de diversos países.

Escrito por:

France Press