Publicado 26 de Março de 2015 - 18h47

Por Agência Estado

O Chile começou o amistoso contra o Irã com um time reserva

France Press

O Chile começou o amistoso contra o Irã com um time reserva

Com uma equipe praticamente reserva, o Chile fez feio nesta quinta-feira (26). O próximo rival da Seleção Brasileira jogou amistoso em St. Polten, na Áustria, e perdeu por 2 a 0 para o Irã. Como atenuante, o fato de o principal jogador do elenco chileno, o meia Arturo Vidal, da Juventus, não ter entrado em campo.

Pensando na partida de domingo (29), contra o Brasil, o técnico Jorge Sampaoli mandou a campo um time quase todo reserva, sem Alexis Sánchez, Aránguiz, Isla, Pizarro, Medel, Mena e Vidal. O Irã aproveitou e abriu o placar aos 21 minutos. Após escanteio batido da esquerda, a bola encobriu toda a zaga do Chile e caiu nos pés de Nekounam, que desviou sozinho na linha da pequena área.

Para evitar o vexame, Sampaoli colocou em campo após o intervalo praticamente todos os titulares, preservando apenas Vidal. Mas de nada adiantou. Logo aos 5 minutos do segundo tempo, Amiri recebeu ótimo passe de Ghoochannejhad e escorou para o gol vazio.

Desde a eliminação para o Brasil nas oitavas de final da Copa, o Chile vem alternando bons e maus momentos. Ganhou de EUA, Peru e Venezuela, mas perdeu do Uruguai, empatou com Bolívia e México e sofreu para passar pelo Haiti. No domingo, a partida contra o Brasil será no Emirates Stadium, em Londres, às 11h de Brasília. Já o Irã visita a Suécia, na terça-feira (31).

Escrito por:

Agência Estado