Publicado 24 de Março de 2015 - 17h12

Por Jaqueline Harumi

Local foi descoberto após denúncia feita há uma semana de que havia uma distribuidora de produtos alimentício de origem animal sem alvará

Jaqueline Harumi/ AAN

Local foi descoberto após denúncia feita há uma semana de que havia uma distribuidora de produtos alimentício de origem animal sem alvará

A Polícia Civil desmontou nesta terça-feira (24) uma fábrica clandestina de bacon que funcionava há aproximadamente um ano e meio em um imóvel alugado do Jardim Icaraí, em Santa Bárbara d'Oeste.

 

De acordo com os investigadores do 1º Distrito Policial, o local foi descoberto após denúncia feita há uma semana de que havia uma distribuidora de produtos alimentícios de origem animal sem alvará e que vinha abastecendo lanchonetes, restaurantes e casas de frios de toda a região, comercializando em torno de três toneladas por semana.

 

Segundo a polícia, quatro funcionários trabalhavam no momento da abordagem, por volta das 10h30, bem como o responsável, José Anicleto de Jesus, 46 anos, que foi preso em flagrante.

 

Foram apreendidas cerca de duas toneladas de pedaços de porco e bacon em péssimas condições de armazenamento, equipamentos e etiquetas com nomes de duas marcas a serem investigadas, além de um notebook e recibos que podem ajudar a descobrir os estabelecimentos aonde foram e seriam destinados os produtos.

 

 

 

Escrito por:

Jaqueline Harumi