Publicado 01 de Março de 2015 - 11h57

Uma discussão em uma balada acabou em tragédia no começo da madrugada deste domingo, em Mogi Guaçu. O autônomo Adson da Silva Santos, 20 anos, foi morto a tiros após defender dois amigos adolescentes de um grupo de rapazes.

 

O jovem voltava para casa em uma caminhonete Strada quando foi seguido por um carro. Ele dava carona para dois rapazes e seguia pela rodovia SP-340, que liga Campinas a Jaguariúna, na pista sul, sentido Sul de Minas Gerais, quando o carro foi alvejado por vários disparos, todos do lado do motorista.

 

Santos foi atingido por um tiro no tórax. O rapaz chegou a avisar para os dois caronas que tinha sido alvejado e parou o carro no acostamento da via. Os atiradores fugiram.