Publicado 27 de Fevereiro de 2015 - 20h05

Por Jaqueline Harumi Ishikawa

Fotos: Leandro Ferreira

Jaqueline Harumi

Da Agência Anhanguera

[email protected]

Dois criminosos foram detidos ontem à noite por tentar furtar um carro, no Loteamento Parque São Martinho, em Campinas, após troca de tiros, tentativa de atropelamento de um policial militar, batida em viatura e fuga por cerca de 9 km.

Segundo a equipe do 35º Batalhão, que atendeu a ocorrência, Gabriel da Silva Ramos, 21 anos, estava no banco traseiro do carro estacionado em frente a um condomínio da Rua Ezequiel Foga e abaixou ao ver a viatura passar, por volta 19h30. A viatura parou e dois policiais desceram a pé para fazer o cerco ao rapaz, um pela rua e outro pela calçada, quando um Gol que estava parado no alto do morro com dois ocupantes, sendo um adolescente de 16 anos na direção, desceu na tentativa de atropelar o policial que estava na rua.

Um suspeito que estava no banco traseiro do Gol saiu pela janela e fez de dois a três disparos contra os policiais enquanto o motorista bateu lateralmente na viatura e conseguiu fugir. A polícia fez três disparos, que atingiram a lataria do Gol, no entanto o carro só foi abordado por outra viatura na Rua Socorro, no Jardim Novo Campos Elíseos, apenas com o motorista. Ramos, que correu a pé para um matagal na própria Ezequiel Foga, já havia sido preso.

De acordo com a PM, o Gol usado pelos criminosos tem as mesmas características do que foi usado na tentativa de roubo da moto de um policial militar pela manhã no Parque da Hípica e dentro do carro foram achados dinheiro e um celular produto de assalto, mas até o fechamento desta edição não havia a confirmação de quando esta ação criminosa foi cometida.

O local foi preservado para perícia e a ocorrência seria apresentada no 1º Distrito Policial, aonde as vítima das outras ações criminosas seriam acionadas para possível reconhecimento e devolução do que foi encontrado pela polícia.

Escrito por:

Jaqueline Harumi Ishikawa