Publicado 27 de Fevereiro de 2015 - 15h54

Por Bruno Bacchetti

Bruno Bacchetti

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

Fotos: Edu Fortes

Em ação sustentável criada com o objetivo de reduzir a utilização de copos de plástico, o Trote da Cidadania pelo Consumo Consciente, formado por veteranos da Unicamp, distribuiu nesta semana cerca de cinco mil canecas aos novos alunos da graduação da universidade nos campi de Campinas, Piracicaba e Limeira, e nos colégios técnicos do Cotil e do Cotuca. No próximo dia 9, serão distribuídas canecas para os alunos que ingressarão no Programa UniversIDADE, destinado à população de mais de 50 anos. A distribuição das canecas abriu uma série de atividades realizadas pelo Trote da Cidadania ao longo da semana para recepcionar os calouros, como palestras, e visitas a diferentes institutos da universidade, instituições infantis e cooperativa de triagem.

Estudante do segundo ano de Engenharia da Computação, Paulo Henrique da Fonseca, de 20 anos, é o coordenador geral do Trote da Cidadania. Ele conta que a distribuição das canecas já virou tradição após a confirmação da matrícula nos campi da Unicamp, e visa tornar o seu uso um hábito não só na universidade, mas no dia a dia dos estudantes. “A gente quer com isso diminuir o uso de copos de plásticos. São usados mais de cinco mil copos por refeição na Unicamp e já conseguimos diminuir, esse número era o dobro. Mas não adianta usar só na faculdade e nas festas utilizar um monte de copos de plástico. A ideia é utilizar a caneca na vida”, afirmou.

Segundo Fonseca, este é o 13º ano da distribuição das canecas, que começou junto com a criação do Trote da Cidadania, em 2003, e desde então cresceu muito o número de canecas e participantes. “A ideia do Trote da Cidadania surgiu em 2002 e foi colocado em prática em 2003 com a ajuda a uma cooperativa de reciclagem. Logo nesse ano teve explosão de casos de trotes violentos e os cursos começaram a ver que esse tipo de trote não podia mais acontecer. No começo foram três cursos e hoje todos participam”, explicou.

Palestras e atividades

A programação de recepção dos calouros terminou ontem, com a palestra “Construção de um planeta sustentável”, ministrada pela professora Emília Wanda Rutkowski, da Faculdade de Engenharia Civil. Também foram realizadas visitas a instituições infantis, Estação de Tratamento de Água (ETA), Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e cooperativa de triagem, além de dinâmica sobre a qualidade da água, com encerramento da Bateria Valorosa.

Na quarta-feira, foi oferecida a palestra “Vivência Universitária: Cheguei, e dai?”, atividades de diferentes institutos em diversos locais dentro da Unicamp e encerramento do Coral Zíper na Boca. Já na quinta-feira, foi realizada a palestra “Oasis” e atividades de construção coletiva em instituições infantis e cooperativas de triagem, com encerramento da Bateria PercUrsão.

Escrito por:

Bruno Bacchetti