Publicado 27 de Fevereiro de 2015 - 12h31

Por Alenita de Jesus

Alenita Ramirez

[email protected]

Uma esteticista de 23 anos perdeu R$ 28 mil para um casal de bandidos que aplicou o golpe do bilhete premiado, anteontem à tarde, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas. A moça relatou à polícia que foi ameaçada com uma pistola e obrigada a fazer um empréstimo em sua agência bancária do valor. Ela chegou a ir em três agências para sacar o montante.

Segundo a jovem, a abordagem ocorreu por volta das 13h30 quando ela caminhava por uma rua do bairro. Ela foi abordada por uma mulher que se mostrou humilde e pediu sua ajuda. Durante a conversa, a larápia disse que estava com um bilhete premiado e precisava sacar o prêmio, mas para isso precisava que alguém a ajudasse. Neste momento chegou um homem em um Fiesta que ofereceu ajuda, inclusive se dispôs a levar as duas a uma casa lotérica. No caminho, segundo a esteticista, ela pegou o celular na bolsa, instante que o homem sacou a arma e a mandou acessar sua conta bancária. Segundo a moça, o bandido viu que ela tinha uma possibilidade de empréstimo grande e a obrigou a fazer o empréstimo.

Segundo a polícia, a esteticista contou que entrou sozinha na agência e pediu o montante. Na agência, ela conseguiu sacar na hora R$ 5 mil e teria sido orientada a pegar o restante da grana em outras agências. Segundo relatos da moça, o bandido disse que sabia onde ela morava e conhecia seus passos. A jovem foi deixada em Barão, nas proximidades de onde a tinham pegado. Ela ficou das 13h30 até umas 17h com os bandidos.

Escrito por:

Alenita de Jesus