Publicado 25 de Fevereiro de 2015 - 19h52

Por willians Menani

Doença doi erradicada pela conscientização da população deita com trabalho de campo

sxc.hu

Doença doi erradicada pela conscientização da população deita com trabalho de campo

Uma dentista de 49 anos pode ser a primeira vítima fatal da dengue em Araçatuba, interior do estado. Ela estava com a doença e morreu no último sábado (21), em um hospital particular da cidade.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica do município, uma investigação investigação foi aberta para comprovar se a dengue, de fato, foi a causa da morte da paciente.  O histórico clínico da vítima, assim como o exame de sangue solicitado ao Instituto Adolfo Lutz, deve comprovar se o óbito foi em decorrência da dengue.

Araçatuba já confirmou mais de 190 casos de dengue neste ano e nenhuma morte.

Escrito por:

willians Menani