Publicado 27 de Fevereiro de 2015 - 17h22

Por Agência Estado

Torcedores do Panathinaikos invadiram o gramado após partida do clube

France Press

Torcedores do Panathinaikos invadiram o gramado após partida do clube

O Panathinaikos foi punido com a perda de três pontos no Campeonato Grego, depois de torcedores do clube cometerem atos violentos durante a vitória de 2 a 1 sobre o Olympiakos (2-1) no domingo, o que resultou na suspensão da competição.

O clube de Atenas também deverá pagar uma multa de 100.000 euros e jogará as duas próximas partidas em casa com portões fechados.

Com a punição, o Panathinaikos se afasta a seis pontos do líder e arquirrival Olympiakos, com nove partidas a disputar até o fim do campeonato.

O governo grego anunciou na quarta-feira a suspensão da competição pela terceira vez na temporada, numa medida preventiva para dar tempo aos dirigentes tomarem providências para conter a violência nos estádios, depois das brigas vistas no clássico de Atenas.

A partida de domingo foi marcada por diversos incidentes. Antes do início do segundo tempo, o meia do Olympiakos Kasami foi atingido no ombro por uma garrafa lançada das arquibancadas, o que levou o árbitro a adiar o reinício do jogo.

Em seguida, depois de um gesto obsceno do técnico do Olympiakos, o português Vitor Pereira, torcedores do 'Pana' atiraram uma cadeira em campo e invadiram o gramado para tentar agredir o técnico e os jogadores adversários, sendo contidos pela polícia.

Segundo a imprensa local, estes incidentes deixaram dois torcedores do Olympiakos feridos.

A violência é a pauta da semana no futebol grego. Na terça-feira, uma reunião de presidentes de clubes gregos precisou ser interrompida depois de uma briga entre os mandatários do Olympiakos, Vangelis Marinakis, e Panathinaikos, Giannis Alafouzos.

Escrito por:

Agência Estado