Publicado 27 de Fevereiro de 2015 - 17h31

Por Da Agência Anhanguera de Notícias

Audi R8 vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,2 segundos

Divulgação

Audi R8 vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,2 segundos

A Audi apresenta no Salão de Genebra a segunda geração do seu esportivo de alto desempenho, o R8. O motor V10 central e uma nova transmissão integral permanente quattro asseguram desempenho, especialmente na versão topo de linha com 610 cv, que alcança 100 km/h em apenas 3,2 segundos e 330 km/h de velocidade máxima.

Um motor central de alta rotação com desempenho impressionante, o conceito de construção de baixo peso e um chassi extremamente dinâmico, com sistema de tração integral quattro e controle de torque totalmente variável.O 

 

Versões

O motor 5.2 FSI é oferecido em duas versões, uma com 540 cv e outra, ainda mais esportiva, com 610 cv. O modelo topo de linha acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,2 segundos, atingindo velocidade máxima de 330 km/h. O som do motor V10 aspirado, cujo torque máximo é alcançado a 6.500 rpm, está ainda mais potente. A transmissão S tronic de sete velocidades e o sistema de tração integral quattro especialmente desenvolvido transmitem a força para as rodas.

 

A distribuição do torque de tração se adapta às condições de condução. Em casos extremos, 100 % do torque podem ser direcionados aos eixos dianteiro ou traseiro. O novo modo "performance" no sistema Audi drive select dynamic handling permite a adaptação dos parâmetros de condução dinâmica mais importantes ao coeficiente de atrito da pista.

 

Peso

O modelo topo de linha, o R8 V10 plus, tem peso líquido de 1.454 quilos. Apesar de muitos equipamentos adicionais e de sua maior rigidez, o novo Audi R8 pesa até 50 quilogramas menos que seu precursor. A estrutura multimaterial Audi Space Frame (ASF) garante o baixo peso e uma ótima distribuição de carga entre os dois eixos.

 

A combinação do alumínio com plásticos reforçados com fibra de carbono (CFRP) na estrutura Audi Space Frame abre novas perspectivas com relação ao peso, rigidez e comportamento em colisões. O assoalho aerodinâmico, que inclui um longo difusor, aumenta a força vertical e a aderência. Também o chassi, com sua suspensão com duplos braços em V, demostra a proximidade do Audi R8 com o automobilismo esportivo.

O design tem linhas retas. Um item visual diferenciado, que também proporciona maior segurança, são os faróis de LED de série. Para um campo de visão ainda maior e maior intensidade luminosa, a Audi oferece como opção o projetor laser para o farol alto, complementado pelos indicadores dinâmicos de direção na dianteira. Os sinalizadores dinâmicos traseiros são equipamento de série.

 

Painel de instrumentos

No novo cockpit virtual da Audi, os mostradores são digitais. Os controles mais importantes estão agrupados em conjuntos de botões no volante. No interior, o motorista tem a impressão de estar dentro de um carro de corrida. Os controles do ar-condicionado reforçam a simplicidade do painel de controle, com efeito flutuante. O sistema MMI navigation plus com MMI touch é standard.

A segunda geração do Audi R8 serve como base para mais modelos. A última versão do carro esporte elétrico de alta performance R8 e-tron tem 462 cv de potência e 920 Nm de torque. Ele acelera da imobilidade a 100 km/h em 3,9 segundos. Graças a novas células de baterias, o alcance pode ser mais do que dobrado em comparação com a primeira versão, que agora ultrapassa 450 quilômetros.

O novo carro de corrida Audi R8 LMS foi desenvolvido com base nos regulamentos da categoria GT3 que deverão entrar em vigor em todo o mundo a partir de 2016. Durante este ano, ele já será desenvolvido na fábrica. Apesar do grande aumento de desempenho, cerca de 50 por cento dos componentes são os mesmos do carro produzido em série.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera de Notícias