Publicado 28 de Fevereiro de 2015 - 9h00

Cena do filme 'Capitão América 2 - O Soldado Invernal', com direção de Anthony Russo e Joe Russo

Divulgação

Cena do filme 'Capitão América 2 - O Soldado Invernal', com direção de Anthony Russo e Joe Russo

As piadas (incluindo as que só fã entende) estão lá. Algumas são ótimas e se encarregam de dar leveza à narrativa, o que não é novidade. Porém, o que se destaca em 'Capitão América – O Soldado Invernal', de Anthony e Joe Russo (2014), que o canal Telecine Premium exibe neste sábado (28), às 22h, é o roteiro que conta ótima história.

 

Esqueça o velho clichê do gênero em que o vilão quer destruir o mundo (sem que se saiba muito bem a razão) em eterno confronto com o herói — que irá salvar o mundo a fim de que voltemos a ter segurança outra vez. Os dois arquétipos continuam a existir, mas mudou a configuração. Na verdade, há uma desconstrução deles.

 

Para não estragar a surpresa e entregar o mais interessante do filme, acontece, em princípio, verdadeira caçada para prender o responsável por um incidente envolvendo Nick Fury (Samuel L. Jackson), homem forte dentro da S.H.I.E.L.D.. E, por conta disso, o herói Steve Rogers (Chris Evans, sereno e convincente) também será perseguido implacavelmente. O filme prova que entretenimento não precisa necessariamente ser sinônimo de superficialidade.