Publicado 27 de Fevereiro de 2015 - 22h11

Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, anuncia retirada do convite ao Irão para participar da conferência Genebra II

France Press

Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, anuncia retirada do convite ao Irão para participar da conferência Genebra II

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, convocou um diálogo pacífico para resolver a crise política por que passa a Venezuela.

"Tenho acompanhado de perto o desenrolar da atual situação. Espero que estes problemas, qualquer que sejam as causas das manifestações, se resolvam através do diálogo, de forma pacífica", disse ele, em uma coletiva de imprensa em Santiago.

Ban Ki-moon está na capital chilena para participar de uma reunião da ONU-Mulheres.

Questionado a respeito da crise política na Venezuela, o secretário-geral também pediu que governos e todas as partes envolvidas se reúnam para resolver este problema.

Na quinta, através de um comunicado, ele tinha expressado preocupação pelos últimos casos violência no país sul-americano, onde um jovem de 14 anos morreu durante uma manifestação.

As manifestações foram retomadas após a prisão de Antonio Ledezma, prefeito na região metropolitana de Caracas e de oposição ao governo central, acusado de participar em uma conspiração para desestabilizar o governo de Nicolás Maduro.