Publicado 27 de Fevereiro de 2015 - 8h34

Bogotá é a cidade latino-americana onde mais se anda de bicicleta e a que conta com mais quilômetros de ciclovias - revelou o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no âmbito do IV Fórum Mundial da Bicicleta (FMB), realizado na cidade colombiana de Medellín.Rio de Janeiro aparece em terceiro lugar.

Com 611.472 viagens de bicicleta por dia e 392 quilômetros de ciclovias (dos 2.513 quilômetros da América Latina), Bogotá é "uma das cidades que melhor funciona na região nesse sentido", disse o coordenador de Cidades Emergentes e Sustentáveis do BID, Horacio Terraza.

Segundo o estudo do BID "Ciclo-inclusão na América Latina e no Caribe", apresentado por Terraza no FMB, em Medellín (noroeste), 5% dos deslocamentos da população em Bogotá são feitos de bicicleta. Isso equivale a mais de oito milhões de habitantes.

Santiago é a segunda cidade na sub-região com mais deslocamentos diários de bicicleta (510.569), seguida do Rio de Janeiro (217.000).

O BID informou que apenas 38 das 56 cidades consultadas repassaram dados sobre a mobilização de bicicleta.

"Esses resultados demonstram a pouca informação que existe na região sobre o tema", acrescentou a organização.

O FMB vai até domingo. O evento nasceu em Porto Alegre, depois que um automóvel atropelou 20 ciclistas em 2011.