Publicado 28 de Fevereiro de 2015 - 21h14

Por AAN

O ex-diretor de Cultura e programador teatral, Carlos Braggio, morreu neste sábado (28), em Campinas, vítima de insuficiência respiratória. Ele estava internado no hospital Centro Cor. Braggio tinha 72 anos.

Carlos Braggio se destacou no cenário cultural de Campinas. Atuou durante 30 anos na secretaria de Cultura onde exerceu diversas funções. Entre 1997 e 1998 foi diretor da pasta.

Atuou no Museu da Imagem e do Som (MIS), em projetos como a criação do Fundo de Assistência à Cultura, Movimento de Ação Cultural do Interior de São Paulo, entre outros.

Também se destacou na atividade de programação de teatro. Tinha entrosamento com movimentos artísticos e culturais do país, principalmente no eixo Rio-São Paulo. Trouxe grandes produções à Campinas, muitas delas em estreia nacional. Foi um dos responsáveis por criar a primeira Campanha de Popularização do Teatro por meio da Associação dos Produtores de Teatro de Campinas (APTC).

O corpo de Braggio será cremado na próxima segunda-feira (02) em cerimônia restrita à familiares.

Escrito por:

AAN