Publicado 13 de Outubro de 2014 - 20h08

Luciana Félix

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

Fotos: Janaína

O novo trevo do distrito de Barão Geraldo, que passou por remodelação nos últimos meses, será liberado amanhã a partir do meio-dia. O desbloqueio acontece duas semanas antes da previsão inicial da concessionária que administra a via (Rota das Bandeiras). Com isso, o motorista que vem de Campinas para o distrito pelo Tapetão (Rodovia Zeferino Vaz) volta a fazer o antigo trajeto para acessar a região.

O início da remodelação e o bloqueio da entrada do distrito aconteceu em julho deste ano. A obra teve investimento de R$ 8,8 milhões. Diariamente cerca de 25 mil veículos trafegam pelo local. A liberação era aguardada ansiosamente pelos moradores que utilizam diariamente o viário e reclamavam dos constantes congestionamentos e dos conflitos viários da área.

A grande modificação no local foi a elevação do trecho final do Tapetão em seis metros para que uma passagem inferior fosse construída. A passagem garante o acesso direto de quem está na D. Pedro, sentido Anhanguera, para a Zeferino Vaz, sentido Paulínia, sem o motorista enfrentar o trânsito de quem vem de Campinas.

Além da elevação, outras cinco alças foram criadas no dispositivo, eliminando os conflitos viários que existiam no acesso. Agora, há uma via para cada origem e destino dos motoristas.

Já os motoristas que estão na D. Pedro I (sentido Anhanguera) acessam Barão Geraldo pela alça do km 138 500. A pista é duplicada e possui uma bifurcação à frente, com uma alça à esquerda que dá acesso à Zaferino Vaz, sentido Paulínia.

O motorista que deixa o distrito também conta com caminhos exclusivos. O viaduto, já existente, agora possui uma alça à direita, destinada a quem irá seguir viagem pela D. Pedro, sentido Anhanguera. Já quem vem de Paulínia e irá para o mesmo destino conta com outra alça, no km 114 500 da Zeferino Vaz, antes de cruzar o viaduto.

Outra modificação ocorreu para quem deixa Barão Geraldo com destino a Paulínia. O acesso, agora, é feito por uma pista à direita do viaduto. “Esta é uma importante obra para a região, pois a remodelação garante maior fluidez ao trânsito, com a separação das pistas. As novas alças já haviam melhorado consideravelmente o nível de tráfego no local e, agora, com a liberação do elevado, todas as novas pistas ficam disponíveis aos motoristas”, afirmou o engenheiro responsável pela obra, Abner Toledo. A obra teve início em setembro do ano passado e ocorreu por etapas.

Com o retorno do acesso as 12 linhas de ônibus, oito de Campinas e quatro intermunicipais, voltam a trafegar pelo caminho antigo.

Durante as obras os condutores tinham que utilizar o acesso pela D. Pedro, no km137, na altura do trevo do Parque D. Pedro Shopping, e utilizarem as alças do trevo do centro de compras para acessar a pista Norte. Nela, o motorista tinha que dirigir até o km 138 500 da marginal da rodovia e acessar a nova alça para Barão Geraldo.