Publicado 14 de Outubro de 2014 - 17h11

Por Alenita Ramirez

Uma soldadora de 27 anos surtou porque foi chamada de gorda e ateou fogo no companheiro, nesta segunda-feira à noite (13), em Rio das Pedras (SP). O homem, um trabalhador rural de 32 anos, sofreu queimaduras em 50% do corpo e foi socorrido e levado em estado grave pela ambulância ao Pronto-Socorro da cidade. Ele aguarda transferência para a Santa Casa de Limeira.

 

A acusada foi presa em flagrante por tentativa de homicídio. O caso ocorreu às 22h30, no bairro Bom Retiro. Segundo a Polícia Civil, o casal mora juntos há três anos e ela já fez vários boletins de ocorrência contra o companheiro por agressão.

 

Na segunda-feira, ele chegou embriagado e passou a discutir com a mulher. Durante a discussão, ele a chamou de gorda. Ela pegou um litro de solvente de tinta e jogou contra o trabalhador rural e em seguida ateou fogo.

 

Ele sofreu queimaduras de primeiro grau na região do tórax, abdome e membros superiores.

Escrito por:

Alenita Ramirez