Publicado 12 de Outubro de 2014 - 14h23

Pedro Kawai e Rose Massarutto coordenaram a apuração dos votos realizada na Gazeta de Piracicaba

Del Rodrigues/ AAN

Pedro Kawai e Rose Massarutto coordenaram a apuração dos votos realizada na Gazeta de Piracicaba

Com 2.102 votos, foram eleitas as 10 Maravilhas de Piracicaba de 2014 a 2016. Realizada pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur) de acordo com a lei 7.770 aprovada pela Câmara de Vereadores, em 2013, o concurso revelou os ícones do município que estão no coração dos piracicabanos. Outros locais tradicionais e de uso coletivo, que venceram pela mobilização das pessoas, também foram eleitos, conforme a secretária de Turismo, Rose Massarutto, e o vereador Pedro Kawai (PSDB), autor da lei.

 

Os 10 locais mais citados, entre 70 pontos indicados pela Setur e de livre escolha da população foram: o rio Piracicaba, Engenho Central, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), Capela de São Pedro, em Monte Alegre, Santuário Nossa Senhora dos Prazeres, Centro Cultural Martha Watts, Escola Estadual Sud Mennucci, Teatro São José, Igreja Metodista do Centro e Parque do Mirante. 

 

Cada um desses locais receberá uma placa de identificação que será elaborada pela Setur e informará que o local foi escolhido, por voto popular, como uma das 10 maravilhas da cidade. Segundo Rose, o material em aço já está sendo cotado e receberá o logotipo da campanha.

 

"As pessoas se mobilizaram e elegeram os lugares que consideram seu espaço uma maravilha, onde se reúnem e convivem, como as igrejas e os centros culturais. Mas a votação nos principais ícones da cidade, como o rio, o Engenho Central e a Esalq, demonstram o amor que o piracicabano tem por esses locais que são referência da cidade, da região e do País", afirmou Rose.

A campanha pela escolha das 10 Maravilhas recebeu 458 votos em cédulas, que foram disponibilizadas em pontos da cidade. Esses locais foram escolhidos pela secretaria por que não concorriam ao voto das pessoas. A internet foi o meio mais utilizado para as pessoas votarem. Foram 1.644 votos eletrônicos.

"A participação foi excelente por ser a primeira eleição e por ter sido realizada durante o período eleitoral, quando as pessoas também se preocupam com a política. O resultado surpreendeu", afirmou Kawai.

A apuração dos votos das cédulas foi feita nessa semana na Gazeta de Piracicaba. Rose, Kawai e a editora da Gazeta, Angela Furlan, participaram da contagem dos votos.

 

As Dez Maravilhas de Piracicaba 2014-2016

= Capela São Pedro - Monte Alegre

= Centro Cultural Martha Watts

= Engenho Central

= Escola Estadual Sud Mennucci

= Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP)

= Igreja Metodista - Centro

= Parque do Mirante

= Rio Piracicaba

= Santuário Nossa Senhora dos Prazeres

= Teatro São José

RIO

O vereador ressaltou que ao votar no rio Piracicaba, mesmo com a situação atual de seca em que ele se encontra, mostra que a cidade está preocupada com o manancial e não o abandonou. "A inclusão dele entre as 10 Maravilhas justamente nesse período que ele está degradado sugere uma reflexão sobre como todos podemos contribuir para que ele se recupere e também é uma grande homenagem".

 

A secretária informou que a população está de parabéns por mais uma vez não abandonar o rio e sim procurar defendê-lo. "Ele é mais do que um ponto turístico da cidade, faz parte da identidade dos piracicabanos que nunca mudaram seu olhar para ele, não o abandonaram e sempre se organizam para defendê-lo e preservá-lo".